Após bombar no Youtube, apoiador de Bolsonaro em MT agiliza pré-candidatura

24 de fevereiro de 2018 - 13:57 | Postado por:

O produtor rural de Alto Taquari Nelson Barbudo, que se tornou youtuber há aproximadamente seis meses após gravar vídeo rebatendo declarações do ex-ministro Antônio Pallocci e obter milhares de visualizações, será candidato a deputado federal pelo PSL para defender a plataforma política do presidenciável Jair Bolsonaro (PSC-RJ). Afirma que pretende compor a bancada que dará sustentação as ideias conversadoras e de direita no Congresso Nacional.

Nelson Barbudo quer vaga na Câmara para defender interesses do setor agronegócio

Nelson Barbudo garante que não tem ambição pessoal de ser deputado federal. No entanto, diz que pretende obter o mandato para provar que é possível entrar na política sem se corromper.

“A política não corrompe ninguém. O homem que entra e se deixa corromper, já era podre. Não tinha conceitos morais de família e não recebeu educação honesta. Pode me trazer uma mala com R$ 5 milhões que eu não pego”, assegura em entrevista ao .

Além disso, lembra que quer conquistar cadeira na Câmara para defender o setor produtivo. Em sua avaliação, os oito deputados federais de Mato Grosso dizem que representam apenas interesses próprios sem saber o que é pegar na enxada, espalhar calcário na lavoura ou colher commodities.

“Não tenho paixão para ser deputado. Se não aprovarem meu nome, sigam com os esquerdistas, sigam com o projeto de implantar o socialismo e depois o comunismo no Brasil”, completa o produtor rural, ressaltando que os ex-presidentes da República Fernando Henrique Cardoso (PSDB) e Lula (PT), na verdade são aliados para seguir dos ditames do chamado Foro de São Paulo.

Embora polêmicas, as ideias de Nelson têm repercutido no setor agro. Um grande sojicultor que prefere não se identificar, colocou uma aeronave com piloto e combustível à disposição para o youtuber viajar o Estado para participar de eventos ligados à agricultura e se viabilizar como pré-candidato a federal.

“A pessoa que está me apoiando não tem estrelismo e prefere não se identificar, enxerga em mim autêntico representante do agronegócio. E disse que o setor ficou órfão depois que o senador Jonas Pinheiro faleceu. O agronegócio está me adotando e procuro responder à altura”, enfatiza.

Nelson tem 58 anos e é casado há 35. Até 6 de outubro deixou a propriedade rural da família aos cuidados das filhas que são veterinárias para se dedicar e viabilizar a própria candidatura e defender Bolsonaro para presidente da República.

“Tudo começou quando resolvi fazer o contraponto ao Pallocci, mas sendo uma pessoa muito simples, achei que não ia dar em nada. De repente, o vídeo explodiu e me assustei no começo. Então pensei, será que não posso contribuir com meu país como patriota e anticomunista que sou? Vou fazer mais um, mais outro e aconteceu essa ascensão”, lembra.

Sobre a relação com Bolsonaro, afirma que uma amizade está sendo construída. Além dos recados por vídeos nas redes sociais, os dois costumam trocar ideias por telefone.

“Tenho construído uma amizade. Tenho o telefone particular dele. Nós trocamos ideias e posso considerá-lo como amigo. Concordamos em muitos pontos de vista. Lógico que não 100%, nós não somos irmãos siameses”, conclui.

Bolsonaro segue no PSC, mas deve assinar ficha de filiação ao PSL em março para concorrer à Presidência da República. Seus apoiadores já estão na sigla, incluindo Nelson Barbudo, que faz parte da Executiva em Mato Grosso.

 

Fonte: RD NEWS

Deixe um comentário

Comentários

  1. clovis disse:

    vamos la nelson vc com essa força com Bolsonaro na presidençia eu acho que e um dos ultimos cartucho pro Brasil melhorar tenho esperança em vcs

© Copyright 2016 TV Taquari Rede Record. Política de Privacidade.
Desenvolvido por: Agência Camargo