Após três anos, Brasil tenta quebrar a supremacia africana na São Silvestre

31 de dezembro de 2010 - 10:16 | Postado por:

São três anos sem vitórias e um insistente domínio de quenianos. Em sua 86ª edição, a São Silvestre se apresenta aos brasileiros como mais uma chance de trazer a vitória novamente para casa. No masculino, os dois últimos campeões, Franck Caldeira (2006) e Marílson Gomes dos Santos (2003 e 2005) tentarão alcançar o feito nesta sexta-feira. Entre as mulheres, desfalcadas de Lucélia Peres, vencedora em 2006, e de Maria Zeferina Baldaia, ouro em 2001, as esperanças são Edielza Alves, Marily dos Santos e Marizete Resende. A concorrência, no entanto, vem forte.

 largada da prova feminina será às 16h30m e a masculina às 16h47m, com transmissão ao vivo da Rede Globo. Antes, terão as corridas dos cadeirantes, a partir de 14h45m, e de outros participantes com deficiências, às 14h50m. A previsão é de pancadas de chuvas na parte da tarde.

Entre os estrangeiros, James Kwambai, vencedor das duas últimas edições, é o franco favorito da prova masculina. Na feminina, a atual campeã da prova, Pesalia Chepkorir, pediu dispensa por estar grávida. Campeã em 2007, Alice Timbilili assume a posição de corredora a ser batida.
De volta à prova após quatro anos, Marílson confia em um bom retorno. Com saudades da principal corrida brasileira, o bicampeão afirma que tem chances de acabar com o jejum brasileiro.

Franck Caldeira, Marílson dos Santos e Damião de Souza para a corrida de São SilvestreFranck, Marilson e Damião: esperanças brasileiras
(João Gabriel Rodrigues / GLOBOESPORTE.COM)

– A volta foi uma decisão conjunta com o meu técnico. Depois da maratona de Nova York, tive um bom retorno, sem lesão, diferentemente dos outros anos. Tive uma recuperação mais rápida. Então, a expectativa é boa.

Para o brasileiro, o nível atual é o maior dos últimos anos.

– Acredito que vai ser a prova mais forte dos últimos anos. São atletas muito fortes participando, todos muito rápidos. Vai ser uma prova muito difícil. A verdade é essa. Vou chegar em uma boa condição, como em 2003 e 2005.

Último campeão do país, Franck Caldeira assume não estar em sua melhor condição. Durante o ano, sofreu com a perda da mãe, mas está recuperado do baque. Para a prova desta sexta, aposta em uma corrida inteligente.

Quero fazer uma corrida inteligente, sem imprimir um ritmo tão forte no começo. Para esse ano, tenho que correr com o coração – disse.

Maior nome da prova, Kwambai afirma não temer os brasileiros, embora reconheça a qualidade de Marílson dos Santos. Para o bicampeão, se fizer sua corrida, tem chances de sair do país novamente com o título.

– Eu o conheço muito bem. É um campeão. Mas ele não precisa ter medo de mim, nem eu dele. Precisamos fazer o nosso – afirmou o queniano.

Edielza, Marily e Marizete na coletiva para a corrida de São SilvestreEdielza, Marily e Marizete também tentam acabar
com o jejum (Foto: Sérgio Shibuya / Divulgação)

Melhor brasileira na prova em 2009, Marily dos Santos acredita que tem condições de melhorar ainda mais.

– Eu me sinto bem. Estou aqui para brigar de igual para igual com todas. Mas respeito as estrangeiras tanto quanto as brasileiras. A prova está bonita, com muita gente boa.

Campeã em 2002 e vice em 2007, Marizete Resende afirma que um bom início de prova é fundamental para que consiga brigar entre as primeiras.

– Se a pessoa está bem, não se preocupa tanto com estratégia. Não estou 100%, mas se conseguir ir junto das primeiras durante os 10km, fica atento. É uma prova muito difícil – reconhece.

Novo esquema de fechamento do trânsito

O esquema de trânsito apresentará mudanças em relação ao ano passado. A interdição das vias da região começará durante a madrugada. A partir de 1h, serão interditadas a avenida Paulista (sentido Paraíso/Consolação, no trecho ente as ruas Teixeira da Silva e Peixoto Gomide). A Alameda Campinas terá o trânsito de veículos impedido entre a Avenida Paulista e a Rua São Carlos do Pinhal.

A partir das 10 horas, a Paulista ficará fechada na direção Paraíso/ Consolação entre as ruas Peixoto Gomide e Frei Caneca e, no sentido contrário, entre as ruas Padre João Manoel e a Alameda Joaquim Eugênio de Lima. Às 13h30m, ocorre a interdição, em ambas as direções, das ruas Padre João Manoel e da Consolação.

Deixe um comentário

© Copyright 2016 TV Taquari Rede Record. Política de Privacidade.
Desenvolvido por: Agência Camargo