Bandidos assaltam banco e se escondem em fazenda de Maggi

13 de março de 2011 - 21:44 | Postado por:

Sete bandidos assaltaram nesta quinta-feira, 10, o Banco do Brasil da cidade de Querência e fugiram em dois carros. Durante a fuga eles atiraram contra o pneu de um ônibus escolar. Logo que saíram de agência, os ladrões pegaram a estrada de chão que liga a cidade ao município de Canarana.

 

Eles estariam escondidos nas proximidades da Fazenda Tanguru, de propriedade do senador Blairo Maggi (PR).

 

Ainda na primeira ponte, eles atearam fogo no veículo Doblô e libertaram o primeiro refém. Na sequência, andaram mais 20 quilômetros e soltaram outros quatro reféns, incluindo o gerente do banco, José Rubens, que aparece na foto voltando a pé do local onde foi deixado.

 

O bando abandonou o veículo Corolla que pertence a um cliente, também feito refém.

Os bandidos fugiram num terceiro veículo, um Furgão branco, que estava na estrada aguardando a fuga deles. O coronel Valdemir Barbosa informou que a PM está neste momento fazendo as buscas na região da fazenda Tanguru.

  

Uma equipe do Batalhão de Operações Especiais da Polícia Militar (Bope) está a caminho de Querência para colaborar com o trabalho da PM, assim como duas equipes da Força Tática de Barra do Garças. Outra hipótese é que os bandidos estejam refugiados no meio do mato.

Em Campo Novo

Campo Novo do Parecis viveu situação parecida no início de dezembro de 2010 quando dez bandidos fortemente armados invadiram a agência do Banco do Brasil. Na ocasião, eles fizeram diversos clientes e funcionários reféns (escudo humano), atearam fogo nos caixas eletrônicos, depois fugiram em duas camionetas. Uma delas foi queimada sobre a ponte do Rio do Sangue. Eles levaram quase R$ 2 milhões.

Parte da quadrilha foi presa no final de janeiro de 2011 em Cuiabá. Uma família controlava o bando.

Deixe um comentário

© Copyright 2016 TV Taquari Rede Record. Política de Privacidade.
Desenvolvido por: Agência Camargo