Beneficiados com casas populares vendem imóveis irregularmente em MT

12 de janeiro de 2011 - 16:57 | Postado por:

 

Moradores beneficiados com casas populares no Conjunto Habitacional Jardim Eldorado, em Juara, no Noroeste de Mato Grosso, encontraram um “novo negócio”: estariam vendendo as casas para outras pessoas que não necessitam de imóveis. É a especulação imobiliária em efervescência. A denúncia é de moradores do próprio bairro, insatisfeitos com o comportamento dos negociantes. Pelo menos quatro casas já foram vendidas. Uma das dos negócios realizados teria saído por R$ 18 mil. O dono da casa vendeu o imóvel e se mudou para Cuiabá.

A secretária de Assistência Social de Juara, primeira-dama Vanda Paulino, confirmou o irregularidade. Ela  informou que as casas, além de não poderem ser vendidas, não podem nem se quer alugadas. A pessoa que vende perde o direito de uso, assim como quem compra e a casa volta aos cuidados da Secretaria de Assistência Social.

Vanda informou que existe uma comissão responsável para cuidar desses casos e verificar se a pessoa precisa mesmo da residência. Mas, ela admite, não são todos que tem esse comportamento. A primeira-dama relatou que  uma mulher que foi embora para Colniza procurou a Secretaria e entregou a chave, dizendo que não precisaria mais dela. “Um bom exemplo” – classificou.

“Essa senhora usou o bom senso, porém outras pessoas fazem diferente, vendem ou alugam suas residências” – disse. Há casos em que a pessoa sai da casa e combina com outra para que faça a invasão. Se não retirar ela pagaria uma quantia para a pessoa, o ex-morador.

Há  várias denúncias sobre os negócios ilegais com casas populares em Juara. Todas elas foram encaminhadas para Assistência Social que analisará juntamente com a comissão responsável. “Vamos aguardar que as denúncias sejam apuradas e que as casas sejam utilizadas realmente pelas pessoas beneficiadas” – disse a secretária.

A questão envolvendo casas próprias parece estar se transformando em problema gerencial. Na segunda-feira, 24 Horas News mostrou que 60 imóveis construídas com recursos do Governo Federal estão sumindo em meio ao matagal e sendo depredadas enquanto não são entregues para as famílias beneficiadas. O caso foi registrado na cidade de Carlinda, norte de Mato Grosso, a cerca de 1.000 km de Cuiabá e a 30 km de Alta Floresta. Em alguns pontos o mato chega à altura das casas. As casas estão prontas há pelo menos seis meses.

Deixe um comentário

© Copyright 2016 TV Taquari Rede Record. Política de Privacidade.
Desenvolvido por: Agência Camargo