Brasil decepciona, perde para o México e fica com a prata no futebol masculino

11 de agosto de 2012 - 14:41 | Postado por:

O Brasil vai continuar na fila. Neste sábado (11), em Wembley, com atuação decepcionante e um gol relâmpago sofrido, a seleção brasileira perdeu por 2 a 1 para o México na final do futebol masculino nos Jogos Olímpicos de Londres e amargou a medalha de prata. Os dois gols foram marcados pelo atacante Peralta, novo carrasco brasileiro. Hulk descontou nos acréscimos.

Foi a terceira vez em sua história que a seleção brasileira foi derrotada em uma decisão olímpica. O vice-campeonato já havia ocorrido em Los Angeles 1984, com revés para a França, e em Seul 1988, ao perder para a União Soviética.

Desta vez, porém, foi mais frustrante. Isso porque o Brasil era favorito absoluto a vencer. Conta, em sua equipe, com jovens badalados e envolvidos em transações milionárias. Contudo, faltou jogar bola. Foi um time confuso e nervoso, sem um mínimo de padrão em plena final olímpica.

 

Algo que sobrou no México. Sem Giovani dos Santos, sua principal estrela, a equipe mexicana foi solidária e deu um banho tático e de vontade no Brasil, ampliando a recente freguesia. Dos últimos 11 confrontos entre os times, os mexicanos venceram seis, empataram dois e perderam somente três.

Quem ainda estava se acomodando no assento de Wembley perdeu o gol do México. Aos 28 segundos, Rafael se enrolou, deu passe na fogueira para Sandro e Peralta roubou a bola. O chute saiu rasteiro, no canto direito de Gabriel. Festa mexicana em Londres.

A seleção brasileira assimilou o golpe. O México sentiu isso e marcou pressão durante toda a primeira etapa, sufocando a equipe de Mano Menezes. Sem saída de bola, o time canarinho se limitou um bom período a chutões em busca de Leandro Damião.

Vendo sua equipe perdida e completamente dominada, Mano Menezes mexeu ainda no primeiro tempo. Aos 31min, tirou Alex Sandro e colocou Hulk, voltando ao esquema com três atacantes. O jogador tentou incendiar a partida e, aos 37min, acertou violento chute de fora da área, defendido com dificuldade por Corona.

A única boa jogada do Brasil nos 45min iniciais aconteceu aos 40min. Leandro Damião, pela primeira vez, conseguiu segurar a bola e prender um zagueiro. Fez o trabalho de pivô e rolou para Marcelo, que chutou com perigo para fora.

O segundo tempo começou dando a falsa impressão de que o Brasil reagiria. Neymar deu sinais de que estava mais aceso, procurando o jogo e sendo parado com faltas. Mas foi só. Os erros persistiram e o México sempre foi mais perigoso.

Para se ter ideia da péssima jornada brasileira, até mesmo o capitão Thiago Silva vacilou. Aos 18min, foi desarmado dentro da grande área e Fabian acertou o travessão. O mesmo Fabian quase marcou aos 26min, quando Gabriel saiu mal e o jogador cabeceou raspando a trave.

Mano Menezes tentou mudar algo no apático time e tirou Sandro, colocando Alexandre Pato, aos 27min. Três minutos depois, Peralta subiu sozinho na área brasileira e ampliou o marcador.

No fim, Rafael e Juan bateram boca em campo, retratando o desespero brasileiro. O lateral-direito foi substituído por Lucas. Nos acréscimos, Hulk ainda descontou. Em seguida, Oscar, sozinho na pequena área, cabeceou para fora o sonho do Brasil.

Fonte : R7.com

Matheus Brann

Deixe um comentário

© Copyright 2016 TV Taquari Rede Record. Política de Privacidade.
Desenvolvido por: Agência Camargo