Com 13 anos de história, ‘Herois de Brinquedo’ faz sucesso com longos shows em Mato Grosso

20 de setembro de 2018 - 18:05 | Postado por:

São treze anos de história só com o nome ‘Herois de Brinquedo’, e quase vinte de rock’n’roll. Um dos grupos autorais mais antigos de Mato Grosso, que é também um dos que bate recordes nos longos shows, a ‘Herois’ é formada por Elder Dencati e Anderson Lima na guitarra, Ricardo Chains no baixo, Marden Tozzi no vocal e Styven Barros na bateria, e se orgulha do patamar que alcançou no cenário mato-grossense.

Leia também:
Banda Heróis de Brinquedo comemora 10 anos de estrada com dois shows neste final de semana

Em 2001, os irmãos Marden e Anderson Lima se juntaram a Ricardo Chains e mais um amigo e criaram a banda ‘Causa Nova’ para cantar pop rock. Em 2005, tornou-se Herois de Brinquedo, já com a maioria dos outros integrantes. “Montamos a banda em 2005, porque eram coisas que já gostávamos de fazer. Viemos de outros projetos, e a ideia sempre foi continuar tocando, porque é legal tocar e é uma coisa que a gente gosta e procura fazer sempre”, contou Anderson.

As influências dos músicos divergem entre si, mas em comum têm o apreço pelo rock nacional dos anos 80. Ricardo Chains, por exemplo, também se volta para o lado ‘grunge’, enquanto Elder, que também é professor de português, é apaixonado pelo rock nacional por causa de suas letras.

Elder entrou na banda um pouco mais tarde. “Eu era fã da banda, frequentava todos os shows, e um dia eu pedi pra cantar uma música e o vocalista gentilmente deixou”, lembra. “A gente foi tendo mais intimidade. Certo dia o Anderson precisou faltar, e o Marden me chamou pra eu tocar guitarra naquele show. Eu tinha um dia pra tirar 40 músicas, e topei. Foi bacana e eles me efetivaram na banda”.

Nesta trajetória, os ‘Herois’ já gravaram dois álbuns autorais, e até pretendem gravar outros, mas, por enquanto, querem focar no repertório de covers. “Sem muita pretensão, porque já conhecemos como funcionam as coisas por trás da musica autoral, e hoje a gente é muito feliz com o que a gente faz. Então vamos continuar sendo cover também. Nós tocamos desde ská com rock, hard core, punk, grunge, tudo misturado”, explica Chains.

No entanto, quanto perguntado sobre a apresentação mais marcante do grupo, se lembra do público cantando sua música. “Uma das mais importantes foi um ‘Viva a Cena’ que teve no Malcom, que a gente apresentou só músicas autorais, e que foi um show que pra mim marcou bastante, porque embora a gente não toque musicas autorais há muito tempo, tinha muita gente cantando ainda as nossas músicas antigas e até mesmo as novas”, lembra.

A banda mato-grossense já foi premiada na GRC Music, com a música ‘o catador de latinhas’. “Fomos lá buscar [o prêmio], mesmo sem a ajuda de ninguém conseguimos levantar dinheiro do próprio bolso e fomos até a Assembleia Legislativa de São Paulo, e recebemos um premio de pop rock da região Centro Oeste”, comemora o baixista.

Para o futuro, o grupo almeja o cenário nacional, mas fica com os pés no chão. “A gente toca bastante, todo final de semana, mas nunca estamos confortáveis. A gente procura sair da nossa zona de conforto, buscar novos públicos, locais, repertórios, e temos uma certa ambição de fazer músicas próprias e abranger os sons autorais”, afirma Anderson. “Hoje estamos confortáveis no cenário local, mas pretendemos sim. Quem não sonha em ir pra âmbito nacional e até mesmo internacional? Mas a gente sabe que é difícil de alcançar, mas não é impossível… mas estamos felizes com o sucesso que a gente tem na região, que pra gente já é um parâmetro de sucesso muito grande”, completa Chains.

Serviço

Acompanhe a Herois de Brinquedo pelas redes sociais: INSTAGRAM.

http://www.olharconceito.com.br/noticias/exibir.asp?id=16148¬icia=com-13-anos-herois-de-brinquedo-faz-sucesso-em-mt

Deixe um comentário

© Copyright 2016 TV Taquari Rede Record. Política de Privacidade.
Desenvolvido por: Agência Camargo