Com cidade sob caos urbano, Prefeitura distribui R$ 1 milhão a clubes de futebol

14 de março de 2012 - 11:37 | Postado por:

Buracos nas principais vias, abandono dos bairros, letargia administrativa. Nada disso parece estar à vista do prefeito  Francisco Galindo. Nesta terça-feira, 13, ele assinou   um convênio com a Federação Mato-grossense de Futebol (FMF), para a liberação de R$ 1 milhão destinado aos três clubes da capital, Mixto, Cuiabá e Palmeiras. O montante será dividido entre os clubes, sendo 60% para o Mixto, 30% para o Cuiabá e 10% para o Palmeiras. Dinheiro do contribuinte.

A iniciativa, segundo o prefeito, tem como finalidade “incrementar o futebol do município”, visando a Copa do Mundo de 2014, já que Cuiabá será uma das sedes do evento. A primeira parcela de R$ 500 mil foi repassada no ato do convênio.  A segunda parcela será liberada dentro de 60 dias.

A medida chega em um momento ruim, com o prefeito Galaindo enfrentando duras críticas por onde passa. A cidade está em completo abandono. Alguns bairros da cidade vive um profundo desespero, com ruas esburacadas e falta de atenção de serviços básicos, como o saneamento. Moradores se queixam, por outro lado, do aumento do Imposto Predial e Territorial Urbano, o IPTU. Assim como o comércio. Na área central, as praças sumiram para dar lugar as camelôs.

Ainda assim, Galindo optou pelo preselitismo político. Ele contou que o trabalho de negociação entre a Prefeitura e os clubes teve início com o presidente da Câmara de Vereadores, Júlio Pinheiro (PTB), quando este assumiu a gestão municipal (17 a 27 de fevereiro de 2012). Os dirigentes dos clubes relataram que, todos os times do interior do Estado já recebem uma ajuda financeira das prefeituras, o que incrementou o futebol deles, pois proporcionou uma melhor contratação de elenco.

Autor do projeto, Júlio Pinheiro disse que todos os gestores serão obrigados a contribuir com o futebol profissional da capital, pois agora há uma lei para isso.  “Esse convênio é uma demonstração de amor com os times de Cuiabá que terão mais condições, por exemplo, de pagar a folha salarial das equipes durante o campeonato mato-grossense, além de disponibilizar parte dos recursos para a categoria de base, visando a formação de novos craques”, destacou.

O secretário Municipal de Esportes, João Bosco Ferreira da Cruz, comentou que a iniciativa vai estimular as equipes da capital a melhorar o trabalho, além de valorizar a profissionalização dos times. “É um reforço no caixa dos clubes, para que eles possam contratar e melhorar o elenco, se preparando para o campeonato nacional. O Cuiabá, por exemplo, está na série C do Campeonato Brasileiro”, disse.

João Carlos Oliveira Santos, vice-presidente da Federação, alertou que os times terão que usar o repasse com responsabilidade. “Eles terão que saber empregar esse dinheiro. Ficará a cargo dos times, por isso, será necessária muita responsabilidade”, afirmou.
Na ocasião, Galindo contou que em abril terá início a reforma do estádio Presidente Dutra, o Dutrinha, que agora é patrimônio do município. “Vamos adequar o estádio para que ele possa receber jogos do campeonato brasileiro. Serão colocados 10 mil assentos para recebermos os times de todo o país”, disse o prefeito.

Participaram do ato da assinatura, além do prefeito, Francisco Galindo; o secretário Municipal de Esportes, João Bosco Ferreira da Cruz; o presidente da Câmara, Júlio Pinheiro; o vice-presidente da Federação, João Carlos Oliveira Santos; o diretor financeiro da Federação, Luiz Carlos Rodrigues; o vice-presidente do Cuiabá, Cristiano Luiz Dresen; o presidente do Mixto, Hélio Machado da Costa; e o vice-presidente do Palmeiras, Ezequiel Rosa Gomes.

Deixe um comentário

© Copyright 2016 TV Taquari Rede Record. Política de Privacidade.
Desenvolvido por: Agência Camargo