Com Felipão, Palmeiras assume espírito copeiro e fala em ‘título para história’

11 de novembro de 2010 - 11:24 | Postado por:

Nada de jogadas excepcionais ou qualquer brilhantismo. O Palmeiras de Luiz Felipe Scolari não se enquadra nos padrões de uma equipe acostumada a dar shows. Apesar disso, os comandados de Felipão entram na reta final da Copa Sul-Americana com todos os trejeitos de um time amadurecido. Apoiado pela determinação, o elenco alviverde assume o espírito copeiro de seu treinador e já adota o discurso de que poderá entrar para a história do clube se conquistar o torneio continental.

“Aprendemos a jogar os mata-matas. Desde a partida contra o Vitória, evoluímos bastante e aprendemos o caminho. Sabemos que precisamos nos sacrificar. Agora faltam mais quatro jogos para entrarmos definitivamente na história do clube”, afirmou o zagueiro Danilo de maneira exaltada.

O caminho do Palmeiras até a semifinal evidencia bem a fala do defensor. Depois de superar o Vitória por 3 a 0 na primeira fase, o time alviverde embalou. Diante do Universitario do Sucre e do Atlético-MG, a equipe conseguiu resultados eficientes fora de seu domínio e depois deslanchou com dois triunfos dentro de casa.

As vitórias serviram para ampliar ainda mais a sina de Luiz Felipe Scolari em torneios de mata-mata. Até agora, o treinador segue sem derrotas como mandante em todos os campeonatos continentais que disputou pelo Palmeiras. Já são 28 partidas de invencibilidade, com 24 vitórias e quatro empates – aproveitamento superior a 90%.

“Passamos por mais uma fase. O Palmeiras tem equipe para ir longe na Sul-Americana. Nosso time está chegando perto do que consideramos ideal. São quatro jogos para vencermos, sendo apenas dois para a final. Estamos no caminho certo”, ponderou Scolari depois do triunfo sobre o Atlético-MG.

O espírito copeiro de Palmeiras e Felipão ganha mais evidência com os 100% de rendimento da equipe dentro de casa nesta edição da Sul-Americana. Na última quarta-feira, o clube ainda quebrou seu recorde de público na temporada ao levar mais de 35 mil pessoas ao Pacaembu.

“O segredo é fazer um bom resultado fora para decidir com tudo em casa. Isso tem dado certo e não podemos mudar. A torcida tem nos apoiado cada vez mais e será fundamental nos próximos jogos para conquistarmos o título”, completou o volante Marcos Assunção.

Se depender do sorteio de chaves da Copa Sul-Americana, o Palmeiras tem ótimas chances de receber todos os jogos da volta no Pacaembu. O único time que pode cruzar o caminho da equipe alviverde com a vantagem de decidir o confronto da volta em casa é o Independiente. Com exceção dos argentinos, todos os outros clubes que enfrentarem o Palmeiras serão obrigados a decidir a vaga ou o título em São Paulo.

Deixe um comentário

© Copyright 2016 TV Taquari Rede Record. Política de Privacidade.
Desenvolvido por: Agência Camargo