Conca vira artilheiro na reta final e comanda recuperação de ponta do Flu

22 de novembro de 2010 - 10:00 | Postado por:

Darío Conca comandou a vitória do Tricolor carioca sobre o São Paulo por 4 a 1 e, além de marcar duas vezes, participou dos outros dois gols, assinalados por Gum e Fred. Nesta reta final do Campeonato Brasileiro, o argentino, que atuou as 36 partidas da competição, vem sendo, ainda mais, o “dono” do Fluminense.

São-paulinos festejam derrota para o Flu.

Darío Conca, nas últimas seis partidas, balançou a rede em seis oportunidades, dando uma média de um gol por jogo, em desempenho que compensa o aproveitamento ruim dos homens de frente (Washington, por exemplo não marca há 14 jogos).

O argentino, antes mesmo de trabalhar com Muricy Ramalho, já tinha despertado o interesse do técnico. Este ano, os dois se encontraram no Fluminense e o meia cativou definitivamente o “durão” comandante, que o elegeu o principal jogador do time.

Contra o Atlético-PR (empate em 2 a 2), o Fluminense perdia por 2 a 1 e Tartá sofreu pênalti, convertido por Darío Conca. Na vitória por 2 a 0 sobre o Grêmio, o argentino liderou o time e marcou duas vezes.

“Os clubes europeus preferem os jogadores argentinos aos brasileiros porque eles não sentem saudade, não sentem frio e não ligam para a comida. Para ele não tem bife duro. Jogador de futebol come filé e reclama que o bife está duro. Pelo biótipo que tem é brincadeira o que ele briga”, derreteu-se Muricy Ramalho, após a partida contra o Grêmio.

Nos dois jogos seguintes, contra Internacional (0 a 0) e Vasco (1 a 0), Darío Conca passou em branco, mas o Fluminense não perdeu. O camisa 11 entrou em ação novamente no empate em 1 a 1 com o Goiás, quando salvou o Tricolor da derrota.

No último domingo, na Arena Barueri, a torcida carioca curvou-se a Darío Conca, como vem acontecendo em outros estádios pelo país. O jogador do Fluminense, segundo os tricolores, virou patrimônio do clube.

Apesar de ser o nome do Fluminense no Campeonato Brasileiro, Darío Conca, que tem contrato até o fim de 2011, ainda não teve o vínculo prorrogado com o clube. A diretoria tricolor, entretanto, já avisou que isso será feito e o camisa 11 não sairá das Laranjeiras.

Deixe um comentário

© Copyright 2016 TV Taquari Rede Record. Política de Privacidade.
Desenvolvido por: Agência Camargo