Cratera na MT-320 chegam a ter 30 cm de profundidade; polítcos não lig

22 de maio de 2012 - 09:17 | Postado por:

As péssimas condições da rodovia MT-320 que liga Nova Santa Helena, na BR-163, ao município de Alta Floresta (823 km de Cuiabá) – trecho de aproximadamente 200 quilômetros continua sendo o maior pesadelo dos que usam a rodovia para trafegar. Na tentativa de diminuir os enormes buracos na pista a Secretaria de Estado de Transportes e Pavimentação Urbana (Setpu), tenta, sem êxito, fazer as tradicionais “operações  tapa buracos”, que mais parecem um caminho para desperdiçar o dinheiro do contribuinte regado nos cofres do Estado via alta carga tributária.

Na MT 320, é comum encontrar ao longo da rodovia vários veículos quebrados e danificados devido à enorme buraqueira. Os prejuízos financeiros são altíssimos. A revolta entre populares da região relaciona-se a “politicagem”, que se nota evidente. Basta observar que a região da rodovia tem nove deputados estaduais: Nilson Santos(Colíder), Romoaldo Júnior e Ademir Bruneto (Alta Floresta), Dilmar Dal Bosco e Baiano Filho (Sinop), José Domingos e Mauro Savi (Sorriso), José Riva e Luciane Bezerra(Vale do Arinos).

A maioria dos deputados fazem parte da base de sustentação do governador do Silval Barbosa. Eleitores consideram “muito estranho” eles não terem se juntado em prol de exigir do chefe do Executivo uma recuperação urgente da malha viária do Estado, especialmente dessa estrada.

A rodovia a principal via de ligação da região de Alta Floresta com a BR-163 e, consequentemente, com a capital do Estado. Porém, nos últimos anos, a pista está cheia de buracos e o pavimento não suporta mais remendos paliativos. Moradores da região de Colíder já chegaram a “plantar” bananeiras em buracos, criticando as péssimas condições da rodovia.

Um engenheiro da Secretaria de Infraestrutura, Jorge Moura Matos, garantiu recuperação da MT-208 e 320 afirmando que a rodovia é antiga, e que a pavimentação não apresenta mais uma boa qualidade. Enquanto o reparo não é executado, os motoristas continuam sendo obrigados a trafegar lentamente, executando manobras arriscadas, com o risco de sofrerem acidentes e danos ao veículo.

A caótica situação torna um ato insano à tentativa de circular pelo trecho durante a noite ou em período de chuva. O percurso que deveria levar cerca de 30 minutos, atualmente está durando até hora para ser realizado.  “Tá igual queijo suíço, cheio de buracos, tá feio o negócio, difícil demais pra andar, e tem que cuidar quem vem que pra acontecer um acidente ta fácil” – reclamou um usuário da via. Motorista se queixamda espessura do asfalto. E colocam em dúvida a seriedade dos gastos com esse tipo de obra.

Segundo assessoria da Secretaria de Estado de Transportes e Pavimentação Urbana (Setpu a pavimentação da MT-320, será executada ainda este ano, uma boa parte dos 70km licitados, e também assegurou a conclusão dos 15km contratados em parceria com os produtores rurais ligados à rodovia, em construção desde 2008.

Fonte: www.24horasnews.com.br

 

Nativa News

 

Nativa News

 

 

 

Deixe um comentário

© Copyright 2016 TV Taquari Rede Record. Política de Privacidade.
Desenvolvido por: Agência Camargo