Criança de dois anos morre por falta de vaga em UTI no Estado

5 de abril de 2011 - 07:55 | Postado por:

Uma criança de apenas dois anos morreu, hoje pela manhã, em Rondonópolis, por falta de Unidade de Terapia Intensiva (UTI). A menina deu entrada no Pronto Atendimento (PA) infantil com um edema agudo pulmonar, chegou a receber os atendimentos disponíveis, mas precisava ser internada em uma UTI que só existe no Hospital Regional e na Santa Casa. No entanto, ambos os lugares se recusaram a atender o bebê alegando falta de vaga.

Por volta das 8h30, o juiz plantonista Luiz Augusto Veras Gadelha expediu uma liminar obrigando a Santa Casa a internar a criança em uma UTI. Porém, ela não aguentou esperar e veio à óbito. De acordo com informações do Gazeta Digital, a diretora geral do PA, Luiza Helena Franchini, disse que a criança apresentou um quadro de pneumonia há dois dias e às 1h32 deu entrada na unidade, levada pelo Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu).

A profissional de saúde relatou que no local foi prestado todo o atendimento disponível à criança e imediatamente foi acionado o Ministério Público Estadual.

Deixe um comentário

© Copyright 2016 TV Taquari Rede Record. Política de Privacidade.
Desenvolvido por: Agência Camargo