Cuiabano de 14 anos escapa de incêndio em CT do Flamengo

8 de fevereiro de 2019 - 16:35 | Postado por:

O cuiabano Kenedi Lucas, de 14 anos, é um dos atletas que conseguiram se salvar do incêndio ocorrido na manhã desta sexta-feira (8) no Centro de Treinamento do Flamengo, no Rio de Janeiro.

Ele dormia no alojamento sub-14 e 15, onde o fogo teve início.  A tragédia deixou dez pessoas mortas – seis adolescentes jogadores da base e quatro funcionários. Outras três pessoas ficaram feridas – uma delas em estado grave.

Ao MidiaNews, o ex-professor do atleta, Delrick Brune, disse que já conversou com Kenedi e informou que o  jovem está abalado com o que aconteceu, mas não se feriu.

Segundo Delrick, Kenedi acordou com algum barulho, percebeu que o alojamento estava em chamas e correu para pedir ajuda.

“Ele me relatou chorando o que havia acontecido. Até evitei tocar muito no assunto para não deixá-lo mais triste. Mas está tudo bem com ele. Assim que recebemos a notícia já contatamos o pai e o tranquilizamos também”, disse.

O adolescente mora no Centro de Treinamento desde julho de 2018. Ele estava de férias em janeiro em Cuiabá e havia retornado à capital fluminense na última semana.

Além dele, o atleta Gustavo Fernandes, também da Cuiabá, fazia parte dos quadros do Flamengo. No entanto ele não mora no alojamento e não estava no local na hora do incêndio.

O Delrick é dono da escolinha de futebol “DB”, onde Kenedi e Gustavo treinavam antes de irem para o Rio de Janeiro. Para ele, o sentimento é de alívio e ao mesmo tempo de tristeza.

“Sentimos um alívio e ao mesmo tempo ficamos com o coração apertado por conta das outras famílias. Acho que isso fica como um alerta até para nós professores prestarmos mais atenção para onde nossos alunos estão indo. Eu conheci o CT. Era um lugar provisório, um contêiner que eles tinham colocado com estrutura nova para alojar atletas, porque eles estavam construindo lugar maior”, contou.

Até o momento, os atletas estão sendo amparados por seus empresários e não devem retornar a Cuiabá.

O incêndio

O incêndio ocorreu no fim da madrugada, em uma parte antiga do CT, chamado Ninho do Urubu, que servia de alojamento para as categorias de base. Os bombeiros foram acionados às 5h14, chegaram ao local às 5h38 e controlaram o fogo em pouco menos de uma hora.

Cinco mortos foram identificados até o momento: Christian Esmério, de 15 anos; Arthur Vinícius de Barros Silva Freitas, de 14; Pablo Henrique da Silva Matos, de 14; Bernardo Pisetta, de 15; e Vitor Isaias, de 15.

João Pedro da Cruz, atleta de 16 anos da base do Flamengo que não estava no Ninho no momento do incêndio, disse que devia ter entre 25 a 30 jovens dormindo no local.

MidiaNews

Deixe um comentário

© Copyright 2016 TV Taquari Rede Record. Política de Privacidade.
Desenvolvido por: Agência Camargo