Diretor da Ferrari acusa Red Bull de fazer jogo de equipe em Abu Dhabi

25 de novembro de 2010 - 20:06 | Postado por:

O polêmico jogo de equipe na Fórmula 1 continua rendendo capítulos. Aldo Costa, diretor técnico da Ferrari, acusou a Red Bull de ter feito a artimanha no último Grande Prêmio da temporada, em Abu Dhabi, nos Emirados Árabes.

Para o dirigente, o piloto Jaime Alguersauri, da Toro Rosso – equipe secundária e que pertence ao grupo Red Bull – facilitou uma ultrapassagem de Mark Webber, da RBR. A manobra teria prejudicado a estratégia de pit stop da Ferrari, a qual chegou ao traçado de Yas Marina com o espanhol Fernando Alonso na liderança do Campeonato.

– Fomos crucificados pelo jogo de equipe e o que vimos em Abu Dhabi foi o jogo de equipe. De qualquer forma, tivemos algumas avaliações impulsivas e erramos.

No Grande Prêmio da Alemanha, realizado no dia 25 de julho, o brasileiro Felipe Massa, então líder da prova, recebeu ordens para deixar Alonso – seu companheiro de equipe e com maior número de pontos – passar. O episódio aumentou o retrospecto sujo da Ferrari obtido, sobretudo, na época de Schumacher.

Na corrida em questão, o alemão Sebastian Vettel, da Red Bull, acabou recebendo a bandeirada na primeira colocação e sagrou-se campeão da temporada. Além disso, a escuderia (há apenas seis anos no circo da F-1), conquistou o título de Construtores.

Em meio à crise, Aldo Costa rechaçou a possibilidade de uma demissão em massa na equipe de Maranello.

– Não sou a favor do automático ‘erro-culpa-punição’. Prefiro uma resposta mais racional, onde nós entendemos o que aconteceu e o que deu errado, e então, agimos. A responsabilidade não pode pesar nos ombros de apenas um.

Deixe um comentário

© Copyright 2016 TV Taquari Rede Record. Política de Privacidade.
Desenvolvido por: Agência Camargo