Diretoria tricolor admite abrir o cofre para acabar com carências do elenco

8 de dezembro de 2010 - 11:12 | Postado por:

Fora da Taça Libertadores da América em 2011, o São Paulo voltará todo o seu foco para a Copa do Brasil no ano que vem. Sem as grandes bilheterias que os jogos da competição sul-americana proporcionam, o clube reduzirá seu orçamento em 15% para a próxima temporada. Em números totais, isso significa que R$ 30 milhões deixarão de entrar nos cofres do Morumbi. Mesmo assim, a diretoria garante: vai montar um time forte para a temporada 2011.

– No começo dessa temporada, fizemos uma grande reformulação e mexemos muito no nosso elenco, como não fazíamos há muito tempo. Para a próxima temporada, como a base existente é muito boa, só precisamos reforçá-la. E isso já traz uma grande diferença de investimento. Como precisamos de poucas peças, poderemos até gastar mais do que estamos acostumados para isso – afirmou o diretor de futebol do clube, João Paulo de Jesus Lopes, que conversou com a reportagem do GLOBOESPORTE.COM.

Em relação aos últimos anos, 2010 foi a temporada em que o São Paulo mais mexeu no seu elenco. No total, 15 jogadores chegaram: Cicinho, Ilsinho e Thiago Carleto (laterais); Alex Silva, Xandão, André Luis e Samuel (zagueiros); Rodrigo Souto, Cleber Santana, Carlinhos Paraíba, Marcelinho Paraíba e Leo Lima (meio-campistas); Fernandão, Ricardo Oliveira e Fernandinho (atacantes). Destes, três deixaram o elenco: Leo Lima (negociado com o Al-Nassr), Cicinho (não agradou e não teve seu empréstimo renovado) e André Luis (transferido para o Fluminense).

Paulo Cesar Carpegiani no treino do São PauloCarpegiani pediu a contratação de cinco reforços
para o ano que vem (Foto: Luiz Pires / VIPCOMM)

João Paulo aproveitou para rebater as acusações de que o clube perde reforços por não querer abrir os cofres.

– Temos uma mentalidade diferente. O São Paulo não gasta por gastar. Tudo é planejado. Pagamos R$ 5,4 milhões pelo Dagoberto. Esse ano, fizemos um grande investimento para trazer o Ricardo Oliveira. Vamos investir o que for preciso para montar um time para brigar por títulos em 2011 – ressaltou o dirigente.

A cúpula do Tricolor já conversou com o técnico Paulo César Carpegiani, que pediu cinco reforços: dois laterais (um direito e um esquerdo), um volante, um meia e um atacante. Esse número cai se a equipe conseguir manter Ricardo Oliveira no elenco. O contrato de empréstimo do camisa 99 termina no dia 31 de dezembro e, apesar da forte pressão do Santos, que também quer o jogador, a diretoria são-paulina acredita que terá êxito. O Tricolor já conversou com o clube árabe e fez duas propostas por empréstimo, uma por seis meses e outra até o final da próxima temporada.

Deixe um comentário

© Copyright 2016 TV Taquari Rede Record. Política de Privacidade.
Desenvolvido por: Agência Camargo