Dois homens são presos em flagrante com rede

12 de janeiro de 2011 - 16:48 | Postado por:

Dois homens foram presos na última segunda-feira à noite por pesca predatória durante a piracema, período em que a atividade pesqueira é proibida porque os peixes migram rumo à cabeceira dos rios para se reproduzir. Pelo menos 30 pessoas foram presas em Cuiabá pela Delegacia Especializada do Meio Ambiente por pesca predatória no período do defeso e mais de uma tonelada de pescado foi apreendida.

Benedito Santiago Caetano, de 52 anos, e Silvano Oliveira Guimarães, de 34 anos, estavam pescando com uma rede no rio Cuiabá, na comunidade Sucuri, quando foram detidos por policiais da Dema. Eles foram flagrados graças à denúncia anônima de uma pessoa que afirmou que os dois pescavam no local todas as noites. Nenhum peixe foi apreendido com a dupla porque a rede tinha acabado de ser jogada na água.

Na delegacia, Guimarães disse ao delegado Carlos Fernando da Cunha Costa que está desempregado e que estava pescando para alimentar a família. Já Caetano disse que vive da pesca e que, depois de solto, iria continuar pescando no local. Os dois pagaram fiança de R$ 1,2 mil e foram liberados.

O delegado Carlos Cunha afirmou que, tão importante quanto prender as pessoas que pescam no período da piracema, é conseguir deter as pessoas que compram o peixe, conhecidos como “atravessadores”. “Essas pessoas são as grandes motivadoras de quem está no rio pescando no período proibitivo. O peixe é vendido para elas”, disse.

Entre os meses de dezembro e janeiro, a Dema prendeu seis atravessadores. Um deles, o empresário Dalberto Vilela Leite, dono de uma peixaria em Jataí (GO), tinha comprado mais de 300 quilos de pescado, que armazenou na casa do cunhado dele, Wilmar Euzébio de Andrade, em Cuiabá. Leite e Andrade foram presos no dia 1º de dezembro. Quinze dias depois, a polícia apreendeu 60 quilos de pescado com Josenil da Silva e Keila Borgat Borges, que alegaram que a mercadoria era para uma festa. Já no dia 3 de janeiro a Dema apreendeu 23 quilos de peixe com Lussimar Francisco da Cruz e Maria das Graças Lima. Os seis detidos foram liberados depois da fiança.

Deixe um comentário

© Copyright 2016 TV Taquari Rede Record. Política de Privacidade.
Desenvolvido por: Agência Camargo