Em fraco duelo de times B, Fluminense bate Corinthians no Pacaembu

21 de maio de 2012 - 09:32 | Postado por:

O Corinthians conheceu neste domingo sua terceira derrota no ano. Com formação reserva, a equipe foi batida por 1 a 0 pelo Fluminense (que igualmente preservava seus titulares para a Copa Libertadores), em tecnicamente fraca partida no Pacaembu, válida pela primeira rodada do Campeonato Brasileiro. O gol tricolor, que vazou o goleiro Cássio pela primeira vez com a camisa 24 alvinegra, foi marcado pelo zagueiro Leandro Euzébio na etapa final.

O confronto opunha os dois últimos campeões brasileiros – o Corinthians ficou com o título em 2011, e o Fluminense venceu no ano anterior –, mas tinha o brilho apagado pela disputa paralela da Copa Libertadores. Os dois times guardaram seus principais atletas para os jogos de volta do torneio sul-americano, no meio de semana, e foram a campo com formações reservas.

A única exceção na equipe alvinegra, que tem decisão com o Vasco na quarta-feira, foi Cássio. Invicto nos quatro jogos que havia feito até então, o goleiro foi mantido pelo técnico Tite. O atacante Liedson também foi escalado entre os 11 iniciais, mas já pode ser considerado um ex-titular da equipe. Em má fase física e técnica, o camisa 9, com só três gols em jogos oficiais na temporada, perdeu espaço no elenco e tem a renovação de contrato indefinida.

Fernando Dantas/Gazeta Press

Zagueiro capitão Leandro Euzébio foi o autor do gol do Fluminense na tarde deste domingo, em São Paulo

Abel Braga também não pensou duas vezes em poupar o que tinha de melhor para a partida de volta contra o Boca Juniors. O treinador do time tricolor – que neste domingo foi substituído no banco pelo auxiliar Leomir de Souza por estar suspenso – foi ainda mais cauteloso, tirando inclusive o goleiro Diego Cavalieri deste compromisso e promovendo a entrada de diversos jogadores criados nas divisões de base do clube.

 

Com duas equipes desentrosadas, cobrar espetáculo era maldade. E, de fato, o futebol apresentado passou longe disso. O Corinthians adiantou a marcação, como Tite faz com o elenco principal, porém a pressão inicial se limitou a bolas levantadas à área não aproveitada pelos atacantes. Já o Fluminense, nos poucos momentos que conseguiu deixar o campo de defesa, errou muitos passes.

Ao fim do primeiro tempo, o zagueiro corintiano Marquinhos avaliou como positivo o começo de jogo, mas lamentou a falta de “um golzinho” para coroar o bom trabalho defensivo – ele venceu quase todas as disputas com o ataque tricolor. A melhor chance de sair esse golzinho da equipe da casa foi desperdiçada aos 32 minutos, quando Willian recebeu cruzamento de Douglas á frente de Berna e desviou com pouca força, facilitando o trabalho do goleiro.

O Fluminense, mesmo aparentemente sem norte, também assustou Cássio antes do intervalo, ainda aos 14 minutos, quando o meio-campo alvinegro bobeou e permitiu envolvente contra-ataque. Após rápida troca de passes, o atacante Matheus Carvalho recebeu no bico esquerdo da área e concluiu a gol com forte arremate, espalmado pelo arqueiro corintiano no canto direito.

No segundo tempo, o Fluminense voltou menos ansioso e com Jean no lugar de Lanzini. A partida ficou mais franca e equilibrada, mas a primeira boa chance de tirar o zero do placar foi corintiana. Willian fez desarme no meio-campo e entregou para Douglas. O meia entrou na área pelo lado esquerdo e chutou rasteiro. A bola acertou a trave e ainda tocou nas costas de Berna antes de ser agarrada pelo arqueiro.

Djalma Vassão/Gazeta Press

Jogo foi tecnicamente fraco, já que as duas equipes atuaram com reservas, de olho na Copa Libertadores

O Fluminense, embora também não fizesse grande partida, foi quem abriu o marcador. Após escanteio cobrado pelo lado esquerdo, o zagueiro Leandro Euzébio subiu mais do que a defesa adversária e cabeceou à direita de Cássio. Foi o primeiro gol sofrido por ele após 431 minutos em campo (sem contar os acréscimos).

 

O Corinthians então partiu como pôde para frente – Tite até colocou os atacantes Elton e Adilson para ajudar Liedson –, mas esbarrou na própria falta de técnica e sofreu o terceiro revés na temporada – perdeu também para Santos e Ponte Preta, no Campeonato Paulista.

 

Deixe um comentário

© Copyright 2016 TV Taquari Rede Record. Política de Privacidade.
Desenvolvido por: Agência Camargo