Estado será responsável pela área do estacionamento do Aeroporto

19 de agosto de 2011 - 14:14 | Postado por:

O Aeroporto Marechal Rondon, em Várzea Grande terá administração compartilhada, com a Infraero cuidando da parte administrativa e o Governo do Estado se responsabilizando pelo embarque e desembarque de passageiros e pela área do estacionamento. Em outras palavras: fim da farra no local, entregue sem concorrência a terceiros que cobram alto de motorista e passageiros. A decisão foi tomada nesta semana após encontro entre o governo estadual e representantes da Infraero.

 Segundo o secretário estadual de Cidades, Nico Baracat, a decisão de compartilhar a responsabilidade pelo aeroporto foi interessante para Mato Grosso. “É natural que a parte administrativa e de vôos fiquem com a Infraero, que tem um conhecimento muito grande sobre a aviação e atua em todo o território nacional”, disse Baracat, lembrando que o grande ganho do governo foi assumir a responsabilidade das áreas de embarque e desembarque e o estacionamento. O secretário só não informou como vai ficar a questão da área hoje utilizada por uma empresa que cobra o estacionamento dos passageiros. Ele não disse que se o estacionamento será gratuito, como acontece em todos os aeroportos brasileiros ou se a cobrança vai continuar.
 
Outra questão não abordada pelo secretário foi relação as áreas de embarque e desembarque de passageiros que chegam, principalmente de carro com familiares e são abordados por um batalhão de policiais militares assim que param os veículos para descarregar ou carregar malas. É só um carro parar e chega um policial avisando que vai multar. No último domingo, por volta das 21h, um motorista parou em frente aos terminais bancários para sacar um dinheiro no Caixa Eletrônico do Banco do Brasil e foi rapidamente abordado por militares que o ameaçam de multa. “Tem cinco minutos de tolerância”, disse um policial, já anotando a placar do veículo em um caderno para em seguida elaborar a multa.
 
“Está difícil vir ao aeroporto. Não existe mais nenhuma área para estacionar”, disse outro motorista revoltado com a rápida ação da Polícia Militar no Aeroporto. “Vim deixar um parente que está viajando para Brasília e sou recepcionado desta forma, com multa, só porque parei para meu parente descer e pegar a mala”, disse outro motorista, cobrando um trabalho melhor da Polícia Militar de Várzea Grande e do Governo do Estado. 
 
Ao tomar conhecimento da situação, o secretário de Cidades, Nico Baracat disse que levaria as reclamações para o governador Silval Barbosa e que iria com o comando da Polícia Militar de Várzea Grande para evitar os excessos e permitir que os motoristas possam parar por um tempo maior para embarque e desembarque de passageiros.
 
Baracat informou ainda que a empresa de engenharia que está prestando serviço no aeroporto vem finalizando um projeto para evitar estes problemas e ajudar o Estado a viabilizar melhor a principal porta de entrada do Pantanal Mato-grossense.
 
Segundo ele, tão logo o documento seja elaborado haverá uma reunião entre o Governo do Estado e a Infraero para iniciar a administração compartilhada. Ele acredita que até novembro o convênio já esteja assinado. “É importante se resolver tudo o mais rapidamente possível para que possamos ter os recursos necessários para adequar o aeroporto Marechal Rondon para a Copa do Mudo de 2014, como exige a Fifa e para que os usuários do tranporte aéreo tenham mais comodidade” completou o secretário, revelando ainda que a partir da assinatura do convênio será iniciado a implantação do modal de transporte que vai dar uma nova vida para Cuiabá e Várzea Grande, agilizando o transporte terrestre entre as duas cidades.

Deixe um comentário

© Copyright 2016 TV Taquari Rede Record. Política de Privacidade.
Desenvolvido por: Agência Camargo