Flamengo bate Lanús, mas é eliminado por vitória épica do Emelec

13 de abril de 2012 - 05:55 | Postado por:

O Flamengo precisava vencer o argentino Lanús e torcer por um empate entre o paraguaio Olímpia e o equatoriano Emelec, em Assunção, para avançar às oitavas de final. A vitória no Engenhão aconteceu com certa facilidade: 3 a 0, com gols de Welinton, Deivid e Luiz Antônio. Mas o triunfo épico do Emelec, por 3 a 2, com um gol no último minuto, eliminou os brasileiros da Libertadores. ´

Com os resultados o Flamengo ficou em terceiro lugar com oito pontos, à frente apenas do Olimpia. O Lanús, que já estava classificado, acabou em primeiro lugar com dez pontos, enquanto que os equatorianos terminaram em segundo lugar com nove pontos.

AFP

Ronaldinho teve boa atuação no Engenhão, mas a vitória do Flamengo não serviu para nada

jogo – O Flamengo conseguiu aos poucos superar o nervosismo inicial e até mesmo um domínio do Lanús. Muito graças ao bom toque de bola de seus homens de frente, que buscavam a melhor movimentação a fim de confundir a zaga argentina. Tanto que por muito pouco o gol brasileiro não saiu aos 11 minutos, quando Ronaldinho Gaúcho deu uma bela assistência para Vagner Love, que recebeu na área e chutou à esquerda do goleiro Agustín Marchesin.

 

Aos 17 minutos o Flamengo enfim conseguiu abrir o marcador, acalmando um pouco os seus já apreensivos torcedores. Bottinelli cobrou escanteio e Welinton cabeceou livre de marcação, no canto do goleiro.

A vantagem acalmou os flamenguistas, que passaram a tocar a bola com ainda mais tranquilidade. Porém, os brasileiros continuavam deixando a desejar no setor defensivo, fazendo dos ataques do Lanús um drama. Aos 20 minutos Pizarro chutou para fora, assustando Felipe. Já sete minutos depois o goleiro do Flamengo precisou intervir para salvar sua equipe, defendendo um violento chute de Valeri após boa combinação dos homens de frente argentinos.

Aos 36 minutos o Flamengo perdeu uma grande oportunidade de ampliar. Ronaldinho Gaúcho cobrou falta na barreira, Vagner Love pegou a sobra dentro da grande área, mas chutou sobre o gol. Porém aos 42 minutos o Rubro-Negro não deixou passar a chance de marcar o segundo gol. Ronaldinho Gaúcho fez boa jogada pelo meio e acionou Deivid, que chutou para fazer 2 a 0.

Mal começou o segundo tempo e o Flamengo conseguiu ampliar aos cinco minutos. Ronaldinho Gaúcho fez grande jogada individual pela esquerda, se livrou de dois marcadores e cruzou para o arremate certeiro de Luiz Antonio.

Depois desse lance o Flamengo passou a ficar mais postado em seu próprio campo, administrando o marcador e mais preocupado com o que estava acontecendo no jogo do Paraguai. Já garantido nas oitavas de final, o Lanús também não tinha maiores motivos para correr desesperadamente em busca do empate e se mostrava mais preocupado em não ser goleado. A combinação deste cenário tornou a partida cada vez menos empolgante e bastante sonolenta.

Dessa maneira os lances de perigo se tornavam cada vez mais raros. Aos vinte minutos Ronaldinho Gaúcho cobrou falta e a bola bateu na rede pelo lado de fora. Aos 35 minutos foi a vez de Deivid invadir a área e chutar para grande defesa do goleiro argentino. Depois disso o Flamengo administrou o resultado até o fim. Os jogadores permaneceram no gramado esperando o fim do jogo de Assunção, que acabou sendo de má notícia para o time brasileiro, eliminado.

Agora o Flamengo muda o foco e volta as suas atenções para a partida do próximo domingo, às 16h(de Brasília), diante do Americano, novamente no Engenhão, só que pela Taça Rio, segundo turno do Campeonato Carioca. Líder do Grupo A com 18 pontos, o Rubro-Negro já está garantido nas semifinais e praticamente cumpre tabela.

 

Deixe um comentário

© Copyright 2016 TV Taquari Rede Record. Política de Privacidade.
Desenvolvido por: Agência Camargo