INCÊNDIO EM ÔNIBUS ESCOLARES E AMBULÂNCIA DE ARAGARÇAS FOI MOTIVADO POR ‘VINGANÇA’

11 de fevereiro de 2019 - 09:34 | Postado por:

Cinco pessoas, que se dizem integrantes da facção criminosa Comando Vermelho (CV), foram presas na tarde deste domingo (10/2) suspeitas de incendiar sete ônibus escolares, uma ambulância e uma viatura do Instituto Médico Legal (IML), em Aragarças. Os veículos estavam estacionados no pátio da Secretaria de Obras da cidade.
O incêndio criminoso foi motivado por vingança, em represália à morte de um homem identificado como Jefinho em um confronto com a Polícia Militar, em Bom Jardim de Goiás. As prisões foram realizadas pelas Polícias Militar e Civil de Goiás, juntamente com o Grupo Patrulhamento Tático (GPT) e a PM de Mato Grosso.
Os envolvidos, que não tiveram os nomes divulgados, têm idades entre 18 e 29 anos. Após a prisão, eles disseram aos policiais que o incêndio em veículos públicos foi em ‘protesto’ à morte de Jeferson Alves Martins, conhecido como Jefinho, de 25 anos. O homem era suspeito de roubar gado nas fazendas da região.

INCÊNDIO CRIMINOSO EM ÔNIBUS ESCOLARES DE ARAGARÇAS

Segundo a Prefeitura da cidade, um dos vigilantes que fazia a guarda percebeu o momento em que o fogo começou no “rabecão” do IML e logo se alastrou pelos outros veículos. O Corpo de Bombeiros de Barra do Garças/MT, cidade vizinha, foi acionado para atender o caso.
“Ao chegarmos ao local e nos dirigirmos na direção dos veículos observamos que o local já estava tomando pelo fogo e que as chamas se espalharam rapidamente por isso, realizamos apenas o rescaldo, infelizmente, não tivemos como evitar o pior”, explicou o Sargento Vinicius.
Ainda de acordo com a gestão municipal de Aragarças, a frota escolar da cidade é composta por nove veículos, sendo que sete deles foram incendiados. “É muito triste, bem no começo do ano levito a gente ver virar cinzas sete ônibus escolares, alguns praticamente zero quilometro e outros bem conservados, mais o rabecão do IML e uma das ambulâncias que servia para transporte de pacientes até Goiânia”, declarou o prefeito José Elias.
As aulas foram suspensas nesta segunda e terça-feira (11 e 12/2). Ainda de acordo com o prefeito da cidade, uma perícia no local foi recomendada pela equipe do Corpo de Bombeiro e deve ser feita pela Policia Civil para investigar as causas do incêndio. Uma equipe de peritos de Goiânia deve seguir ainda na manhã de hoje para Aragarças. Apesar do estrago, ninguém ficou ferido

Dia Online

Deixe um comentário

© Copyright 2016 TV Taquari Rede Record. Política de Privacidade.
Desenvolvido por: Agência Camargo