Irritado com decisão de juíza, Bruno empurra fotógrafos em fórum de Contagem (MG)

6 de novembro de 2010 - 20:20 | Postado por:

Defesa não gostou da escolha de apenas duas de 19 testemunhas pedidas para audiência

O ex-goleiro Bruno Fernandes empurrou dois fotógrafos no começo da tarde desta sexta-feira (5) durante a retomada de audiência sobre o caso Eliza, no fórum de Contagem, em Minas Gerais. A agressão aconteceu quando o acusado da morte da modelo Eliza Samudio estava indo ao banheiro.

No final da manhã desta sexta, a juíza que preside a audiência interrompeu a sessão para analisar um pedido da defesa, que queria o depoimento de 19 testemunhas. Na retomada da audiência, por volta das 14h, a juíza decidiu ouvir apenas dois dos nomes indicados pelos advogados das nove pessoas acusadas da morte de Eliza.

Após a leitura da decisão, Macarrão e Bola (amigos de Bruno e também acusados), se revoltaram com a determinação da juíza, assim como os advogados de defesa e Bruno. Depois da confusão, o ex-goleiro pediu para ir ao banheiro. Antes, a juíza abriu a audiência para os fotógrafos.

No caminho para o sanitário, Bruno empurrou dois dos fotógrafos que se aproximaram para fazer imagens dele.
Após a confusão, a audiência começou com o depoimento de duas testemunhas escolhidas pela juíza. A primeira mandou o testemunho por uma carta, que foi lida. A segunda testemunha foi o policial civil que recebeu denúncia de que no sítio de Bruno havia uma mulher ferida. Ele estava sendo ouvido por volta das 15h50.

Eliza foi amante do goleiro Bruno, com quem alegava ter um filho. A ex-modelo desapareceu em junho deste ano. Bruno e mais oito pessoas são acusadas pelo desaparecimento e morte de Eliza.

Deixe um comentário

© Copyright 2016 TV Taquari Rede Record. Política de Privacidade.
Desenvolvido por: Agência Camargo