Juíz afasta prefeito após denúncia de compra de votos

20 de setembro de 2012 - 11:03 | Postado por:

 prefeito de Nova Mutum e candidato a reeleição Lírio Lautenschlager (PMDB) foi denunciado por compra de voto em reportagem exibida na TV Cidade, afiliada da RedeTV!. Conforme o vídeo, o gestor estaria negociando entrega de habitações na cidade em troca de apoio na eleição. Na maior parte do material, o conteúdo é narrado por um repórter. Lírio foi afastado nesta segunda (17) pelo juiz Douglas Bernardes Ramao, da 5ª. Zona Eleitoral. No lugar dele assume o vice Sadi Ribeiro Ramos (PSDB).

   A negociação teria ocorrido ora no gabinete, ora na casa do casal que gravou a denúncia. O nome da mulher seria Simone e de seu marido Isaac. No vídeo, o prefeito pediria ao casal que mantivesse sigilo para evitar problemas. As imagens teriam sido feitas em 15 de agosto, primeiramente no gabinete.

O peemedebista afirma, na gravação, que o casal deve assinar os documentos até a semana seguinte. “Não precisa de nada, só esperar por enquanto. Só espera, depois tu diz assim: Lírio você é um filho da puta, você falhou comigo. Ou tu vai dizer, Lírio, realmente eu fiquei …”, destaca o vídeo produzido pela TV, que não divulgou a frase completa.

Lírio teria se licenciado, mas o vídeo mostra ele atuando no gabinete da prefeitura, o que configura crime de acordo com a legislação eleitoral, além de ter deixado claro a intenção de compra de voto. Diante ao fato, ele ainda poderá ser enquadrado na Lei da Ficha Limpa.

Outro Lado

O peemedebista negou que tenha negociado entrega de casas com o casal e afirma que o vídeo foi editado a fim de prejudicá-lo. “Qualquer moleque vê que isso foi montagem. A pessoa me procurou 4 vezes. Ela já estava instruída a fazer isso”, defende.

Conforme o gestor, ele recebeu o casal e conversou sobre entrega de casas, assim como fez com várias outras pessoas. No entanto, ele garante que todos os interessados passam pelo trâmite legal, em cadastro realizado na secretaria de Assistência Social e pelo cadastro do Governo federal, respeitando as devidas regras.

Lírio afirma ainda que a denúncia é obra da oposição, cuja chapa é encabeçado pelo ex-prefeito Adriano Pivetta (PDT). Segundo ele, o jurídico do grupo adversário levou o casal embora para ‘protegê-lo’. “O jurídico da oposição está levando eles de um lado pro outro”. O prefeito disse que vai tomar as devidas providências na Justiça sobre o assunto.

Fotne: anoticiamt.com.br

 

Deixe um comentário

© Copyright 2016 TV Taquari Rede Record. Política de Privacidade.
Desenvolvido por: Agência Camargo