Juíza prevê que “Operação Sodoma” deve ter 10 novas fases em 2017

6 de janeiro de 2017 - 16:06 | Postado por:

                       A juíza da Vara Especializada Contra o Crime Organizado do Tribunal de Justiça de Mato Grosso (TJ-MT), Selma Rosane Santos Arruda, afirmou que as investigações da “Operação Sodoma”, que levaram a prisão algumas das figuras políticas mais proeminentes no Estado – como o ex-governador Silval Barbosa -, continuarão em 2017. Selma Arruda admitiu que outros “dez fatos ainda estão sob investigação e sigilo”.

“A operação Sodoma deve desdobrar em muitas fases ainda. Existe muita coisa sendo investigada. Eu diria que mais de dez fatos ainda estão sob investigação e sigilo”, disse a magistrada em entrevista ao programa SBT Comunidade exibida no último dia 29 de dezembro.

Quando questionada se há possibilidade de mais agentes públicos estarem envolvidos em esquemas de corrupção – e serem presos -, Selma foi categórica. “Sim, com certeza. Tem muita coisa por vir nesse ano de 2017”.

A “Operação Sodoma” desmascarou, inicialmente, um esquema de fraudes na concessão de incentivos fiscais na instalação de empresas no Estado. Políticos ocupando cargos de grande responsabilidade em Mato Grosso, como os ex-secretários da Casa Civil, Pedro Nadaf, e de Fazenda, Marcel de Cursi, além de Silval Barbosa foram presos.

O desdobramento das investigações gerou a 2ª fase da operação, que apurou esquema de cobrança de propina de empresários que firmavam contratos com o Governo do Estado na gestão passada. Entre os presos, destacam-se os ex-secretários de Administração, César Zílio e Pedro Elias Domingos, além do ex-chefe de gabinete, Sílvio César Correa Araújo e do filho do ex-governador, Rodrigo Barbosa. Silval, Marcel e Nadaf tiveram novos decretos prisionais.

Com desdobramentos que já fizeram a operação chegar em sua quarta fase, até o momento, a ação penal original da “Sodoma”, entretanto, já está com a instrução processual concluída, possibilitando à magistrada acesso a todas as provas e documentos que lhe possibilitem uma decisão. Selma afirma que pretende concluir esse trabalho ainda esse ano. “Estamos na fase de finalização. Espero que em 2017 consiga finalizar esses processos e dar a sociedade um retorno concreto do que está sendo feito”.

Deixe um comentário

© Copyright 2016 TV Taquari Rede Record. Política de Privacidade.
Desenvolvido por: Agência Camargo