Love substitui R10 na coroa e no coração do baile vermelho e preto

19 de fevereiro de 2012 - 09:58 | Postado por:

Vagner Love é o novo rei do baile vermelho e preto, tradicional festa organizada anualmente pelo Flamengo. O atacante recebeu das mãos da presidente Patrícia Amorim a coroa que no ano passado foi entregue aRonaldinho Gaúcho. Aliás, o recém-contratado parece não só ter substituído o camisa 10 no posto de majestade rubro-negra, como também no coração dos foliões que frequentam o local. Em 2011, R10 foi muito aplaudido e tietado durante todo o evento. Este ano, nem com o apresentador pedindo palmas, ele as recebeu.

Ronaldinho não esteve no baile, mas foi lembrado quando o assunto foi a vitória sobre o Resende que garantiu o Fla nas semifinais da Taça Guanabara. Primeiro, os torcedores vibraram com o triunfo. Depois, o apresentador falou os nomes dos jogadores que fizeram os gols para que recebessem palmas. Love foi muito aplaudido; Negueba, embora com menor intensidade, também, mas na hora do camisa 10, silêncio.

– Gente, o cara fez um gol, não é? – indagou o apresentador.

Mas nem isso fez com que o público se animasse a aplaudir o meia. O jeito foi lembrar que Léo Moura também estava presente à festa (Felipe e Paulo Victor completaram o time de atletas que prestigiaram o evento). Para o lateral, muitas palmas.

Mas a noite era de Vagner Love. Feliz como uma criança no palco ao ser coroado ao lado da irmã Vânia Love – a nova rainha do baile –o jogador puxou gritos de “Mengo” e cantou o hino do clube. Em seu discurso, mais declarações de amor ao clube.

– É uma honra estar aqui na frente da nação e poder representar meus colegas. É ainda melhor poder substituir o Ronaldinho e ser coroado ao lado da minha irmã. Assim, fica tudo em família – disse, antes de abraçar a irmã e a presidente Patrícia Amorim.

Vagner Love, do Flamengo, é coroado rei do baile vermelho e preto (Foto: André Durão / Globoesporte.com)Vagner Love, do Flamengo, é coroado rei do baile vermelho e preto (Foto: André Durão / Globoesporte.com)

A mandatária rubro-negra, assim como seu camisa 10, também já gozou de mais prestigio. No ano passado, foi ovacionada ao subir no palco com Ronaldinho. Este ano, dividiu as opiniões em forma de vaias e aplausos. O discurso dela foi mais curto, mas se manteve no palco comemorando.

Estratégia diferente de Ronaldinho

Love, assim como Ronaldinho, tentou evitar a polêmica com relação a bebidas. Durante o carnaval de 2011, o camisa 10 andava sempre com um copo preto que evitava que se descobrisse que líquido estava dentro dele. O atacante utilizou uma tática menos inventiva: sempre que chegava perto da parte da frente do camarote, estava sem nada nas mãos. Só bebia quando já não podia ser visto por nenhum de seus súditos.

Se a gente não tivesse vencido, teria acabado o carnaval. Quem ia ter vontade ou cara de ficar comemorando e pulando?”
Vagner Love

O jogador se mostrava muito feliz por ter ajudado a equipe a vencer o Resende. O motivo, além do óbvio que é continuar na disputa da competição, era o fato de poder curtir mais a data festiva.

– Se a gente não tivesse vencido, teria acabado o carnaval, não é? Quem ia ter vontade ou cara de ficar comemorando e pulando? Não vou sair em nenhuma escola, mas gosto muito de samba – disse.

Sobre a semifinal, Love evitou polêmicas. Teceu elogios ao Vasco, mas não quis aumentar a rivalidade.

– Não é especial. É um clássico como os outros. O time deles é muito bom e o nosso também. Vai ser um grande jogo.

Vasco e Flamengo se enfrentam nesta quarta-feira, dia 22, no Engenhão, às 21h50m (horário de Brasília). O jogo é válido pela semifinal da Taça Guanabara.

Clique aqui e assista a vídeos do Flamengo

Vagner Love, do Flamengo, no baile do vermelho e preto (Foto: André Durão / Globoesporte.com)

 

 

 

Deixe um comentário

© Copyright 2016 TV Taquari Rede Record. Política de Privacidade.
Desenvolvido por: Agência Camargo