Lucas comemora gol, agradece oferta, mas nega saída: ‘Não estou pronto’

28 de julho de 2011 - 11:02 | Postado por:

Um golaço por cobertura e duas assistências. É dessa maneira que pode ser analisada a atuação do meia Lucas na vitória do São Paulo por 4 a 3 sobre o Coritiba, no estádio Couto Pereira. O garoto, que voltou a marcar um gol após 39 dias (o último havia sido no dia 19 de julho contra o Ceará) disputou neste meio de semana a sua segunda partida desde que retornou da Seleção Brasileira que disputou a Copa América.

Sobre o gol, o camisa 7 ressaltou que foi um dos mais bonitos de sua carreira.

– Quando eu dominei a bola, já vi o goleiro adiantado e fui rápido no chute. Fui feliz e pude ajudar o São Paulo a conquistar uma importante vitória – afirmou a joia tricolor.

São Paulo comemora gol contra o Coritiba (Foto: Ag. Estado)Jogadores do São Paulo comemoram um dos gols marcados na vitória em cima do Coritiba (Foto: Ag. Estado)

Lucas foi destaque na imprensa nesta quarta-feira por causa do anúncio feito por seu empresário, Vagner Ribeiro, de que o São Paulo recusou uma proposta de € 27 milhões (R$ 60 milhões) da Internazionale (ITA). O camisa 7 agradeceu o interesse, mas deixou claro: ainda não está pronto para jogar na Europa.

– É sempre bom quando você escuta que grandes clubes da Europa estão interessados no seu futebol. Mostra que o meu trabalho está sendo bem feito. Mas sou muito novo, tenho 18 anos e antes de pensar em sair para a Europa, preciso consolidar minha carreira no São Paulo. Quero títulos, quero fazer história e sei que uma hora estarei pronto para sair. Hoje não estou – ressaltou o meio-campista.

Antes de pensar em sair para a Europa, preciso consolidar a minha carreira no São Paulo”
Lucas

O garoto não mostrou papas na língua quando questionado se o seu empresário poderia forçar uma saída do São Paulo.

– Não existe a menor chance de isso acontecer. A palavra final é minha. Ele me pergunta e eu e meu pai decidimos. Se eu falar que não quero sair, não tem como ele forçar a minha saída – lembrou.

Para fechar, Lucas deixou claro que o assédio da Europa não vai mudar em nada o seu desempenho dentro dos gramados.

– Isso não me preocupa. Tenho a cabeça boa, pais maravilhosos que sempre me orientam e me ajudam a ter a postura correta. Não tenho ambição de sair agora, gosto dos meus amigos e do meu país. Ainda não está na hora – concluiu o jogador, convocado para Mano Menezes para o amistoso do próximo dia 10 de agosto, contra a Alemanha. Por causa disso, ele desfalcará o Tricolor nos jogos contra o Avaí, no dia 7, pelo Campeonato Brasileiro e Ceará, no dia 10, pela Copa Sul-Americana.

Deixe um comentário

© Copyright 2016 TV Taquari Rede Record. Política de Privacidade.
Desenvolvido por: Agência Camargo