Médicos de Várzea Grande entram em estado de greve

14 de dezembro de 2010 - 20:47 | Postado por:

De braços cruzados por tempo indeterminado. É assim que se encontram os 240 médicos que atuam no Pronto-Socorro, postos de saúde, policlínicas, e Programa Saúde da Família (PSF) de Várzea Grande. A decisão foi tomada nesta segunda-feira (13), após realização de assembléia da categoria promovida pelo Sindicato dos Médicos do Estado de Mato Grosso (Sindimed-MT).

Apesar da greve, os médicos decidiram manter os atendimentos de urgência e emergência no Pronto-Socorro. A paralisação, que se inicia à 0h desta quarta-feira (15), visa pressionar a Prefeitura de Várzea Grande. O intuito é de que o Poder cumpra o acordo firmado no início do ano, quando médicos tomaram a mesma atitude em busca de melhorias salariais e de melhores condições de trabalhos.

À época, o secretário de Administração do Município, Marcos da Silva, prometeu o reajuste no piso salarial dos médicos de R$ 300, saltando dos atuais R$ 1.3 mil para R$ 1,6 mil. O aumento deveria ter ocorrido no último mês de setembro, o que não ocorreu de fato. E é graças ao descumprimento do acordo que os profissionais, mais uma vez, decidiram cruzar os braços por tempo indeterminado.

O posicionamento dado pelo secretário à categoria foi de que as diferenças dos reajustes que começariam a serem pagos no mês de setembro, serão compensados nas verbas indenizatórias dos meses de novembro e dezembro. Entretanto, os valores encontram-se em atraso.

O argumento usado por Marcos para defender-se é de que o Governo do Estado atrasou o repasse de recursos à Prefeitura. Somado a isso, o secretario destaca o fato de que houve uma queda na arrecadação do município. “Independente dos motivos que levaram a essa situação, queremos apenas que o gestor público cumpra com seu papel perante a sociedade, além do acordo estabelecido com a categoria”, observou a diretora do Sindimed-MT, Elza Queiroz.

Deixe um comentário

© Copyright 2016 TV Taquari Rede Record. Política de Privacidade.
Desenvolvido por: Agência Camargo