Nininho teria ‘comprado’ concessão de pedágio na MT-130 por R$ 7 milhões

10 de setembro de 2017 - 21:49 | Postado por:

O ex-governador Silval Barbosa afirmou em delação premiada à Procuradoria Geral da República (PGR) que o deputado estadual Ondanir Bortolini, o Nininho (PSD), pagou propina de R$ 7 milhões para viabilizar a concessão e cobrança de pedágio na MT-130.

A rodovia é explorada pela Concessionária Morro da Mesa, de propriedade da família do parlamentar.

“Em 2011, enquanto Silval Barbosa era governador, Ondanir Bortolini e Eloi Bruneta procuraram-no para assinatura do contrato administrativo de concessão da rodovia MT-130. Ocorre que, para a autorização da concessão e para viabilizar de cobrança de pedágio na citada rodovia, estabeleceu-se o pagamento de propina no montante de R$ 7 milhões”, diz trecho da delação.

O suposto pagamento de propina teria ocorrido em 2011. Parte dos recursos teria sido repassada à Construtora Trípole para dissimular a origem, também propriedade de Nininho. Os recursos pagaram dívida de Silval com Jurandir da Silva Vieira, que é um dos operadores financeiros investigados no âmbito da Operação Ararath.

Nininho chegou a negar que é dono da Morro da Mesa, responsável pela administração e manutenção do trecho de 122 quilômetros, entre Primavera do Leste e Rondonópolis, sendo o trecho que tem o pedágio mais caro das rodovias estaduais privatizadas em Mato Grosso.

O consórcio Morro da Mesa Concessionária venceu a licitação feita em 2009 pelo Estado e irá explorar o trecho por 28 anos.

Conforme o contrato, estão entre as responsabilidades da empresa toda a restauração da rodovia com serviços de melhoria do pavimento, da sinalização (vertical e horizontal) e limpeza dos bueiros, além da implantação de terceira faixa, do Serviço de Atendimento ao Usuário (SAU), do Centro de Controle Operacionais (CCO) e acostamento.

Em fevereiro de 2013, o Ministério Público instaurou um inquérito para apurar os valores e o modelo de cobrança de tarifas feitas pela empresa Morro da Mesa Concessionária S/A, na MT 130, além de notificar a mesma para que recuperasse e melhorasse trechos da rodovia, conforme prevê o contrato assinado com o Governo de Mato Grosso.

Fonte: Reporter MT

Deixe um comentário

© Copyright 2016 TV Taquari Rede Record. Política de Privacidade.
Desenvolvido por: Agência Camargo