Pedreiro é preso em flagrante abusando da neta de 6 anos

7 de dezembro de 2010 - 11:47 | Postado por:

Uma menina de apenas 6 anos foi violentada sexualmente pelo avô materno, na tarde de domingo (5), em Chapada dos Guimarães. De acordo com as informações, a avó da criança foi quem acionou a PM, após flagrar o próprio marido, Fortunato dos Santos, de 45 anos, abusando da neta, dentro de casa.

A Polícia chegou ao local e prendeu o pedreiro em flagrante. O crime ocorreu por volta de 13h. Ele prestou depoimento na Delegacia Municipal e, depois, foi encaminhado para a Cadeia Pública do município.

A menina foi encaminhada para o hospital, onde, no exame, foi comprovado que o avô abusou da neta e houve a penetração anal.

Ainda segundo as informações, a menina estava passando o fim de semana na casa dos avôs, no bairro São Sebastião.

Onda de violência

Nos últimos tempos, a cidade de Chapada dos Guimarães, um dos principais pontos turísticos de Mato Grosso, tem-se transformado em palco de violência, com vários casos de estupro, inclusive.

Conforme  antecipou, a violência desmedida que toma conta da cidade fez uma vítima no último sábado (4): a jovem J. S. B. M., 21, foi brutalmente espancada, durante uma tentativa de estupro. Ela e a família residem no município e trabalham no setor de turismo.

Muito ferida na cabeça, rosto e pescoço, J. está internada numa UTI do Pronto-Socorro de Cuiabá. Segundo a Polícia Civil do Município, ainda não há pistas dos criminosos.

O cineasta Luiz Borges, que é amigo de J., em entrevista ao site, criticou a omissão do Poder Público e lamentou a onda de violência na cidade.

“Muitas pessoas acham que Chapada, por ser uma cidade turística, é um paraíso, onde não há violência, crimes, tráfico e drogados. Mas a cidade não tem nada de paraíso, fora suas belezas naturais. Muitos adultos e jovens não têm idéia do risco que correm em Chapada, onde crimes ocorrem à luz do dia”, disse Borges.

Deixe um comentário

© Copyright 2016 TV Taquari Rede Record. Política de Privacidade.
Desenvolvido por: Agência Camargo