Plantio do algodão está mais lento em Mato Grosso em 2011

7 de fevereiro de 2011 - 09:59 | Postado por:

O plantio de algodão em Mato Grosso está mais lento em 2011 do que na safra passada. De acordo com o Instituto Mato Grossense de Economia Agropecuária (Imea), o trabalho está 14 pontos percentuais atrasado em relação ao ciclo 2009/2010. Parte da demora é reflexo das condições climáticas, que atrasaram a colheita das lavouras de soja, mas o aumento da área destinada à produção da pluma também contribuiu para a diferença.

Na Fazenda Filadélfia, em Campo Verde, o algodão ocupará 7,5 mil hectares, mas ainda falta plantar 1,5 mil. Na safra passada, o cultivo foi concluído na primeira quinzena da fevereiro, mas este ano o cronograma foi revisto.

– Na safra passada, nesta época já estávamos plantando o adensado. Só que choveu cedo no ano passado e tivemos oportunidade de irmos plantando. Como a soja saiu mais cedo, pudemos plantar. Mas isso é ano a ano. Não quer dizer que estamos atrasados. Acho até que este ano a produtividade será melhor – explica Luis Faeda, agrônomo da fazenda.

Até a última semana, 84% da área destinada à produção da pluma estava cultivada, 13% a mais do que na semana anterior. No mesmo período de 2010, 98% das lavouras já estavam plantadas. Apesar do pequeno atraso, a expectativa é animadora para os produtores.

Depois de passar quatro anos plantando apenas soja e milho, o produtor rural Gladir Tomazelli, também vai apostar na fibra. Ele plantará 450 hectares de algodão, metade já semeada.

– A decisão de plantar algodão se deu por vários fatores, e o principal foi o preço de mercado. O algodão envolve muitas negociações, contratos. É uma cultura extremamente importante – comenta Gladir.

A previsão é de que a pluma ocupe mais de 671 mil hectares no Estado, 60% a mais que na safra passada. Na próxima semana o Imea deve divulgar um novo boletim com a evolução do plantio.

Deixe um comentário

© Copyright 2016 TV Taquari Rede Record. Política de Privacidade.
Desenvolvido por: Agência Camargo