PM mata suspeito de tráfico e a família contesta; 29 assassinatos em agosto

27 de agosto de 2012 - 19:00 | Postado por:

Cinco pessoas foram assassinadas entre a sexta-feira (24) e a madrugada desta segunda-feira (27). O mês de agosto agora já soma 29 assassinatos. Sendo 26 homicídios, um latrocínio: roubo seguido de morte, e dois casos de corpos localizados, mas ainda sem a causa da morte.
A última morte violenta aconteceu nesta madrugada. André Pina de Silva, de 25 anos, foi baleado pela Polícia Militar e morreu no Pronto-Socorro de Municipal Cuiabá (PSMC). A PM conta uma versão, e a família contesta e pede investigações rigorosas, pois suspeita de execução.
A versão da PM é de que André teria tentado agredir um policial militar durante uma abordagem na Rua Paulo Castro, no bairro Nova Esperança-3, na periferia de Cuiabá. Para a família houve exagero. “Tá claro que a PM sempre mente. Por isso pedimos que a Polícia Civil investigue o que realmente aconteceu”, sugere um parente da vítima.
Suspeito de tráfico de drogas, André teria sacado uma faca da jaqueta e investido contra o PM durante a abordagem. Outro PM que estava ao lado atirou e atingiu o rapaz, que morreu no PSMC.
Sem parar, a violência fez a primeira vítima na sexta-feira. Oêndio Batista de Arruda, de 39 anos foi baleado e morreu na hora. A segunda vítima foi encontrada morta às margens do rio Coxipó, no Parque Ohara, em Cuiabá. Neste domingo, mais três pessoas foram assassinadas e uma está entre a vida e a morte.
Na tarde deste domingo (26), Marcelo Conceição da Silva, de 21 anos, foi executado com vários tiros. Motivo: uso e tráfico de drogas. A vítima foi baleada numa das casas da Rua 14 do bairro 24 de Dezembro, na periferia de Várzea Grande (Grande (Cuiabá).
A vítima morreu na hora. O corpo foi liberado por investigadores da Delegacia de Homicídio e Proteção a Pessoa (DHPP), chefiados pelo delegado André Renato Gonçalves. A Polícia confirma a execução de Marcelo, e trabalha com a hipótese de “acerto de contras”, ou “queima de arquivo” motivado por uso ou tráfico de drogas.
Ainda no domingo, investigadores e o delegado André Renato da DHPP fizeram a liberação de um corpo no bairro Três Barras, região da Grande Morada da Serra, na periferia de Cuiabá.
No bairro Três Barras, segundo a Polícia, duas pessoas foram baleadas. Uma morreu na hora e a segunda foi socorrida, mas continua em estado grave no Pronto-Socorro Municipal de Cuiabá (PSMC).
A vítima fata , segundo a Polícia, foi identificada como Edmilson Simão de Oliveira, de 28 nanos. Que morreu na hora. No local, segunda ainda a Polícia, foi baleado o comerciante Aristeu Ferreira Carvalho, de 66 anos, dono de um bar onde André foi morto com vários tiros. Carvalho continua internado no PSMC.
Fonte: 24horasnews.com.br

Deixe um comentário

© Copyright 2016 TV Taquari Rede Record. Política de Privacidade.
Desenvolvido por: Agência Camargo