Por parto normal, mais um caso grave em MT: criança nasce com cabeça ferida

21 de maio de 2012 - 09:18 | Postado por:

Mais uma vez o Hospital Regional de Sorriso, no Norte de Mato Grosso,  é palco de denúncias por negligência médica. Pais de um bebê que teve a cabeça ferida por uso de fórceps, que são uma espécie de ferros  utilizados para a retirada do bebê da barriga da mãe,  acusam a equipe médica de ter aguardado até o ultimo momento para a realização de um parto normal.  O fato ocorreu no último dia 17  quando Franciele Caroline Dezordi, 26 anos, foi levada por seu esposo, Tiago Meotii Schorl a unidade já em trabalho de parto.

Segundo os dois, como de outros casos já denunciados, o parto foi induzido até o último momento. Eles dizem que durante o período a espera da intervenção médica, foram  administrados medicamentos para induzir o parto normal. A família foi informada de que este era o procedimento normal do hospital.

A mãe do bebê conta que informou a equipe médica de que em sua primeira gestação houve o mesmo problema e ela teve que ser encaminhada para uma cesariana. Mesmo assim, a médica que estava de plantão disse que ela teria tudo para ter um parto normal.

Segundo relato do pai, os médicos anestesiaram sua esposa e disseram que teriam que ajudá-la a ter o parto normal e  usaram o fórceps para retirar o bebê. A criança  ficou machucado nas laterais da cabeça e na testa, com o parto forçado.

A mãe da criança já recebeu alta médica e está em casa, com o bebê que se recupera dos ferimentos. Mas a família está preocupada quanto a futuras seqüelas na criança. A família então decidiu registrar Boletim de Ocorrência na delegacia de Polícia.

Nesta  segunda-feira,21,  deverá ser feito o pronunciamento oficial por parte da diretoria técnica do Hospital Regional a respeito da sindicância que foi aberta para apurar outro caso de negligência médica denunciado pela Pastoral da Criança e pela família da gestante que acabou perdendo o seu bebê, pelo mesmo fato de terem aguardado até o ultimo momento por um parto normal e o bebê acabou vindo a óbito ainda em seu ventre.

Deixe um comentário

© Copyright 2016 TV Taquari Rede Record. Política de Privacidade.
Desenvolvido por: Agência Camargo