Prefeito da menor cidade de MT se lança à AMM e propõe reduzir mensalidade

19 de novembro de 2018 - 16:07 | Postado por:

Entidade municipalista arrecada R$ 5 milhões por ano; 15 cidades não estão associadas a entidade

Pré-candidato a presidente da Associação Mato-grossense dos Municípios (AMM), o prefeito de Araguainha (a 488 km de Cuiabá), Sílvio José de Moraes Filho, propõe mudanças estruturantes na gestão da associação. Com 126 munícipios associados a AMM já possui 35 anos de história, e de acordo com o postulante, o atual modelo de gestão tem custado caro aos municípios.

Com uma receita anual que gira em torno de R$ 5 milhões, a AMM é sustentada pela mensalidade dos associados. Cada município paga um percentual sobre sua Receita Corrente Líquida (RCL) anual. Em alguns casos, essa mensalidade chega a R$ 27 mil.

“É um absurdo pensarmos que diante da crise econômica que os municípios vêm enfrentando há três anos, tenhamos que sustentar um dispêndio tão elevado. Chega a ser irresponsável manter tamanho peso ao erário público. Estamos falando de dinheiro público, que precisa ser honrado e muito bem gasto”, critica Sílvio Moraes.

Prefeito do menor município de Mato Grosso, Sílvio diz saber na prática o que é gerenciar as receitas de um município pequeno. “Essa é a realidade da maioria dos municípios mato-grossenses. Somos 141 cidades, e apenas cerca de 40 possuem o agronegócio, o que é um diferencial para a economia dessas regiões. São pelo menos 100 municípios que vivem diariamente a angústia de ter que lutar por cada centavo de receita seja recursos da União ou do Estado”.

A proposta de Silvio é reunir todos os associados para reduzir os valores das mensalidades. “Existem 15 municípios que não estão associados com a AMM por não concordarem com o atual modelo de arrecadação por meio de mensalidades tão caras. A AMM tem a missão de ser a porta-voz de todos os municípios de Mato Grosso, o ideal é que 100% estejam de mãos dadas para conseguir vencer essa luta”.

A redução de gastos, é de acordo com o gestor, o meio mais eficaz para conseguir conter o atual status de gastos da associação.

“Estamos no período de cortes na gestão pública, redução da máquina, enxugamento das despesas superficiais. É hora de rever os conceitos e admitir que nossas margens estão esgotadas”.

http://www.folhamax.com/politica/prefeito-da-menor-cidade-de-mt-se-lanca-a-amm-e-propoe-reduzir-mensalidade/186913

Deixe um comentário

© Copyright 2016 TV Taquari Rede Record. Política de Privacidade.
Desenvolvido por: Agência Camargo