ProUni encerra inscrições para 123 mil bolsas de estudo

25 de janeiro de 2011 - 12:09 | Postado por:

As inscrições do ProUni (Programa Universidade para Todos) terminam nesta terça-feira (25) às 23h59. Há mais de 123,1 mil bolsas de estudos oferecidas, sendo 80,5 mil integrais e 42,6 mil parciais (50% ou 25% do valor da mensalidade nas faculdades particulares).

São Paulo é o Estado com o maior número de benefícios (38 mil), seguido de Minas Gerais (12 mil) e do Paraná (11,8 mil). No total, 1.592 faculdades aderiram ao ProUni neste semestre, 192 a mais do que na última edição.

Serão realizadas duas listas de chamada em sequência – quem não for selecionado na primeira, continua tendo chances de ser convocado.

Para aderir ao ProUni, é obrigatório informar o número de inscrição no Enem (Exame Nacional do Ensino Médio) e o CPF (Cadastro de Pessoa Física). O sistema lembra bastante o site do Sisu (Sistema de Seleção Unificada), que serve para vagas disputadas em universidades federais. A comparação foi feita pela assessoria de imprensa do MEC (Ministério da Educação), que informa que estudantes podem participar dos dois processos seletivos, mas têm de optar por um deles ao final da distribuição de vagas.

Quem pode participar

Para concorrer, é obrigatório não ter cursado o ensino superior. Os estudantes também precisam ter participado do Enem e obtido nota mínima de 400 nas cinco áreas da prova – ciências da natureza, ciências humanas, linguagens, matemática e em redação.

O candidato que quiser uma bolsa integral deve ter renda de até R$ 810 (um salário e meio) por pessoa da família. Já o desconto parcial, de 50% ou 25% da mensalidade, aceita estudantes com renda familiar de até R$ 1.620 (três salários mínimos).

Apenas candidatos que tiverem completado o ensino médio em escola pública podem disputar o programa. As exceções são os que estudaram em colégio particular com bolsa integral e os que fizeram uma parte em escola pública e outra parte como bolsistas.

Vestibulandos com algum tipo de deficiência e professores da rede pública também podem ingressar no ProUni. No caso dos docentes, eles podem disputar bolsas em cursos de licenciatura, pedagogia ou normal superior. O critério de renda, no caso, não é considerado.

Como são dadas as bolsas

A seleção é feita de acordo com a pontuação no Enem. Quanto maior a nota, mais chances de obter o benefício. A escolha também se baseia nos cursos em disputa.

Os estudantes contemplados com as bolsas receberão um aviso após o dia 25. Eles devem entregar os documentos que comprovem a renda e os dados da inscrição na universidade escolhida. Quem decide a documentação para a matrícula é a instituição de ensino, e não o ministério.

A faculdade ainda pode realizar um processo seletivo próprio, desde que avise com antecedência os candidatos. Os candidatos podem escolher três opções de instituições de ensino, cursos ou turnos.

É possível disputar vaga tanto em cursos de graduação quanto nos chamados sequenciais – com duração menor, de dois ou três anos.

Uma segunda rodada de inscrições vai ser realizada entre os dias 21 e 24 de fevereiro, também com duas listas de espera. Mais informações podem ser obtidas no site do ProUni.

Deixe um comentário

© Copyright 2016 TV Taquari Rede Record. Política de Privacidade.
Desenvolvido por: Agência Camargo