Quanto vale o show? Sub-20 pega a Colômbia no embalo de Neymar

20 de janeiro de 2011 - 10:25 | Postado por:

 

Para ver um galáctico do Real Madrid ou o Barcelona do melhor do mundo Lionel Messi, o torcedor precisa desembolsar entre R$ 76 e R$ 140. O Santos pede no mínimo R$ 20 em seus bilhetes na Vila Belmiro. No Peru, nunca foi tão fácil ver um craque. Nesta quinta-feira, às 21h10m (0h10m, de Brasília), os moradores de Tacna que quiserem presenciar mais um espetáculo com a presença de Neymar, que atua no Peixe, precisam gastar apenas R$ 6. É isso mesmo. É o valor mais barato para o confronto entre a Seleção Brasileira sub-20 e a Colômbia, pela segunda rodada do Grupo B do Sul-Americano da categoria, que dá duas vagas para as Olimpíadas de Londres, em 2012, e quatro para o Mundial, em julho na Colômbia. Acompanhe a partida ao vivo pelo Sportv.

Os R$ 6 para ver Neymar em Tacna não passam nem perto dos cerca de R$ 30 que os rubro-negros terão que desembolsar para ver Ronaldinho Gaúcho, recém-contratado pelo Flamengo, durante todo o Campeonato Estadual. Outro dado que impressiona são os valores dos ingressos cobrados pelo Chelsea, clube que por pouco não contratou o atacante do Santos na temporada passada. Os torcedores dos Blues pagam R$ 235.

Ney Franco comentou a diferença de preços para ver as principais estrelas do futebol mundial. Na opinião do comandante, a questão econômica dos países é que faz a diferença no momento de assinalar o preço das mercadorias. Porém, o treinador não deixou de brincar e deu um conselho para quem tem uma boa condição financeira em Tacna.

– Os torcedores não podem deixar de ir aos jogos. E digo mais: após o último jogo, se eu fosse o torcedor iria à bilheteria e compraria mais dois ingressos – afirmou o treinador, referindo-se ao show dado por Neymar, que marcou quatro gols na estreia da sub-20 do Sul-Americano.

Brasil volta a campo com três alterações em relação à estreia

diego mauricio brasil sub 20 treinoDiego Maurício ganha vaga na equipe titular
(Foto: Márcio Iannacca / Globoesporte.com)

Ney Franco decidiu fazer três alterações na equipe em relação ao primeiro jogo do Sul-Americano. Sem poder contar com o volante Zé Eduardo e com o atacante Henrique, ambos suspensos, o treinador optou pelas entradas de Fernando e Diego Maurício. Além disso, o comandante decidiu fazer uma mudança tática na equipe. Sai Oscar, entra Willian José.

O treinador canarinho fez questão de explicar as alterações. Segundo ele, a opção só ocorreu por conta dos vídeos que foram observados do time colombiano.

– Testei essas formação em algumas atividades na Granja Comary. Ela poderia ser utilizada durante uma partida ou mesmo no começo. Vamos atuar com dois atacantes pelos lados do campo e um homem de referência – afirmou o comandante canarinho.

Cardona é a principal estrela da Colômbia para o jogo desta quinta-feira

O principal jogador da Colômbia para o confronto diante dos brasileiros é o apoiador Cardona, do Nacional. Autor do gol de empate de sua equipe na estreia do Sul-Americano, contra o Equador, ele é considerado a esperança de gols do time canarinho nesta quarta-feira.

Para o confronto diante do Brasil, o técnico Eduardo Lara fez duas mudanças na equipe em relação à estreia. Ele sacou Moreno e Ramos para as entradas de Miguel e Escobar. A expectativa é que o desempenho seja melhor do que no primeiro jogo.

BRASIL X COLÔMBIA
Gabriel, Danilo, Bruno Uvini, Juan e Alex Sandro; Casemiro, Fernando, Lucas, Oscar e Neymar; Willian José Mosquera, Arias, Saiz (Ospina), Franco e Viafara; Cabezas, Miguel, Ortega e Cardona; Castillo e Escobar
Técnico: Ney Franco Técnico: Eduardo Lara
Estádio: Jorge Basadre, em Tacna (PE). Horário: 21h10m (0h01m, de Brasília)
Árbitro: Darío Ubriaco (Uruguai)
Transmissão: Acompanhe a partida ao vivo pelo Sportv

Deixe um comentário

Comentários

  1. alicia maria disse:

    neymar vc casa com migo eu sei fazer miojo………..

© Copyright 2016 TV Taquari Rede Record. Política de Privacidade.
Desenvolvido por: Agência Camargo