Sem trambique,Vettel vence a prova e é campeão mundial

15 de novembro de 2010 - 12:19 | Postado por:

 

Deu tudo certo para o alemão Sebastian Vettel. O piloto da Red Bull, que chegou à última etapa do Mundial de F-1 na terceira colocação, largou na pole position do Grande Prêmio de Abu Dhabi, neste domingo, venceu a prova e conquistou o título da temporada, com apenas quatro pontos de vantagem sobre o espanhol Fernando Alonso, da Ferrari. Os ingleses Lewis Hamilton e Jenson Button, ambos da McLaren, completaram o pódio da corrida.

Vettel, de apenas 23 anos, superou ao longo da temporada a briga com o australiano Mark Webber dentro da equipe Red Bull. O piloto da Oceania reclamou constantemente que o alemão, considerado herdeiro de Schumacher na Fórmula 1, era favorecido pela escuderia na briga pelo título do Mundial.

Alonso, favorito à conquista do título, não teve tanta sorte quanto Vettel na prova deste domingo. Largando da terceira colocação, perdeu uma posição antes da primeira curva e complicou-se na corrida após o pit stop, quando não conseguiu ultrapassar o russo Vitaly Petrov, da Renault, e ficou apenas em sétimo.

Já Webber, que também chegou a Abu Dhabi com boas chances de conquistar o Mundial de pilotos, pagou o preço pelo mau desempenho no treino classificatório. O piloto da Red Bull terminou a prova em oitavo e ficou com a terceira colocação da temporada.

Os brasileiros fizeram prova discreta nos Emirados Árabes Unidos. Felipe Massa, da Ferrari, ficou em décimo, duas posições à frente de Rubens Barrichello. Lucas di Grassi foi o 18º, enquanto Bruno Senna encerrou sua temporada de estreia na Fórmula 1 na 19ª colocação.

A corrida – Logo na largada, o inglês Jenson Button assumiu a terceira colocação, ao ultrapassar Alonso que, cauteloso, conformou-se com o quarto posto, logo à frente de Webber. Ainda na primeira volta, um acidente envolvendo o alemão Michael Schumacher e o italiano Vitantonio Liuzzi fez com que o safety car entrasse na pista.

Na relargada, Vettel mostrou a eficiência de sua Red Bull e passou a ser o piloto mais rápido na pista, abrindo vantagem sobre Hamilton, segundo colocado.

Sem conseguir ultrapassar Alonso nas primeiras voltas, Webber foi o primeiro piloto dos que disputavam o título a ir para os boxes, na 12ª volta. Ele colocou pneus duros e retornou na 16ª colocação. Alonso parou quatro voltas depois e voltou à pista na frente do australiano, mas viu-se impossibilitado de ultrapassar o russo Vitaly Petrov.

Na 24ª volta, o espanhol arriscou uma passagem sobre Petrov e saiu da pista, mas recuperou-se sem perder a posição para Webber, que vinha logo atrás. Vettel também foi aos boxes e contou com o excelente trabalho da Red Bull para retornar à pista na segunda colocação, atrás apenas de Jenson Button, que ainda não havia parado.

Dentro do carro de melhor rendimento, Vettel manteve-se em ritmo rápido, diminuindo aos poucos sua desvantagem para Button. Quando o inglês foi aos boxes, apenas na 40ª volta, o alemão assumiu a primeira colocação da prova e guiou até a bandeira quadriculada com tranquilidade para conquistar pela primeira vez em sua carreira o Mundial de pilotos.

Deixe um comentário

© Copyright 2016 TV Taquari Rede Record. Política de Privacidade.
Desenvolvido por: Agência Camargo