Tentativa de roubo provoca troca de tiros no Centro

16 de dezembro de 2010 - 11:37 | Postado por:

O Centro de Cuiabá ficou tumultuado ontem durante cerca de uma hora por conta de uma troca de tiros ocorrida na rua Barão de Melgaço, logo atrás da prefeitura. Dois homens tentaram arrombar veículos estacionados no subsolo da agência bancária Santander, mas foram vistos pela polícia e iniciaram o tiroteio. Um deles conseguiu fugir e outro foi preso no próprio estacionamento. Não houve perdas para a agência.

Segundo transeuntes que passavam em frente à agência do Santander, por volta das 17h, dois homens – um de camisa azul listrada e outro de camiseta amarela – chegaram a bordo de uma motocicleta e desceram a rampa de acesso ao subsolo, onde os funcionários da agência guardam seus carros. Não havia seguranças lá.

O portão do estacionamento estava aberto e logo os bandidos começaram a mexer nos veículos estacionados. Uma funcionária contou que teve alguns objetos roubados de dentro de sua caminhonete S-10, que apresentou sinais de tentativa de arrombamento nas portas e um vidro traseiro quebrado. Alguns presentes de Natal que ela guardou no carro dentro de sacolas chegaram a ser retirados pelos bandidos.

Outros carros também foram vasculhados no pouco tempo que a dupla teve dentro do estacionamento. Segundo a polícia, uma viatura estava passando pela rua Barão de Melgaço justamente no instante em que os bandidos entraram no estacionamento.

Com a entrada da polícia, começou a troca de tiros. Três disparos chegaram a ser ouvidos (segundo a gerência do Santander, dois carros foram atingidos, mas não houve funcionários feridos). Os estampidos podiam inclusive ser ouvidos nas outras agências bancárias da rua, cujos funcionários ficaram acuados dentro dos prédios. Do lado de fora, pedestres se acumulavam na calçada da antiga Casa do Governador e na esquina da Barão de Melgaço com a Cândido Mariano.

Durante a troca de tiros, um dos bandidos se escondeu na tubulação do estacionamento enquanto o outro (identificado como Carlos Alberto da Silva Marília, 33, ex-presidiário) conseguiu bater em retirada na motocicleta. Carlos, de camisa amarela, saiu na contramão da Barão e foi visto até na altura da Secretaria de Cultura. Ele saiu sem conseguir levar nada do que retirou dos carros arrombados e ainda teria sido baleado na perna durante o tiroteio.

Dentro do estacionamento, a polícia logo conseguiu achar e prender o outro comparsa, C.R.M.N, 17 anos. Do vidro do camburão, ele foi visto saindo da agência em direção à delegacia gritando para a população que acompanhava a tudo do lado de fora. Neste momento o trânsito foi liberado na Barão.

Alguns objetos roubados dos carros de funcionários foram recuperados no próprio local da ocorrência, mas até o início da noite de ontem a polícia ainda estava no encalço do comparsa que fugiu com a motocicleta; a polícia ainda iria averiguar se foi ele o baleado que deu entrada instantes depois no Pronto-Socorro de Cuiabá.

Deixe um comentário

© Copyright 2016 TV Taquari Rede Record. Política de Privacidade.
Desenvolvido por: Agência Camargo