Tricolor leva susto, mas Pato resolve e assegura classificação no Rio

1 de outubro de 2015 - 10:06 | Postado por:

sao paulo

 

O São Paulo fez valer a vantagem construída no duelo de ida contra o Vasco e garantiu a classificação para as semifinais da Copa do Brasil ao empatar por 1 a 1, nesta quarta-feira, no Maracanã. Como venceu por 3 a 0 o duelo de ida no Morumbi, os paulistas ficaram com a vaga e esperam o adversário que vai sair do confronto entre Santos e Figueirense.

Mesmo com time misto priorizando a briga contra a degola no Brasileiro, o Vasco foi melhor no primeiro tempo e foi para o intervalo com a vantagem com gol de Riascos. Na etapa final, o São Paulo acabou com a chance dos cariocas ao empatar com Centurión.

As duas equipes voltam a campo no fim de semana, pelo Campeonato Brasileiro. O São Paulo encara o Atlético-PR, no sábado, no Morumbi. Já o Vasco terá duelo contra o Avaí, na manhã de domingo, em Florianópolis.

O jogo – O Vasco começou a partida pressionando o São Paulo. Os cariocas buscavam as jogadas pelas laterais, mas só conseguiram criar a primeira chance de gol, aos nove minutos, em uma bola parada. Anderson Salles cobrou falta no canto e obrigou Rogério Ceni a fazer grande defesa.

O volante Wesley teve uma atuação fraca no embate diante do Vasco (Foto: Paulo Fernandes/Divulgação)

Os donos da casa seguiam melhores em campo e aproveitaram contra-ataque para abrir o placar, aos 16 minutos. Riascos foi lançado na área, finalizou, mas viu Rogério Ceni fazer a defesa e dar rebote. Na segunda tentativa, o colombiano só teve o trabalho de tocar para a rede.

Após o revés, o São Paulo passou a administrar melhor a bola, mas não incomodava o goleiro Jordi. No entanto, os paulistas também pararam de sofrer com a pressão cruzmaltina. O Vasco tinha o domínio da posse de bola, só que errava muitos passes, principalmente no meio.

O São Paulo só fez sua primeira finalização no jogo aos 38 minutos. Alexandre Pato arriscou de fora da área, mas Jordi defendeu com segurança. Nos minutos finais, o panorama da partida não mudou e os cariocas foram para o intervalo com a vantagem no placar.

No segundo tempo, o Vasco quase fez o segundo logo com dois minutos. Emanuel Biancucchi cobrou falta, a bola desviou na barreira e enganou Rogério Ceni. Para a sorte dos paulistas, a bola foi para fora. O lance animou os cariocas, que desperdiçaram nova chance aos 11. Rafael Silva cruzou rasteiro para Lucas na área, mas o volante chutou muito mal.

 

O São Paulo acordou depois disso e quase empatou aos 12 minutos. Pato arriscou novamente de fora da área e obrigou Jordi a fazer grande defesa. Só que no minuto seguinte os visitantes chegaram ao gol. Após roubada de bola, Pato recebeu passe, cruzou rasteiro e Centurión apareceu de carrinho para colocar para a rede.

O revés foi sentido pelos cruzmaltinos, mas os donos da casa quase chegaram ao segundo gol aos 20 minutos. Após cobrança de escanteio, Jomar cabeceou e viu Rogério Ceni salvar os paulistas. A resposta dos visitantes veio no minuto seguinte, chute de fora da área de Thiago Mendes que foi na rede pelo lado de fora.

O Vasco seguiu em busca da vitória e assustou aos 32 minutos. Romarinho pegou rebote na entrada da área e chutou forte, mas para fora. Depois disso, o São Paulo controlou a posse de bola e impediu uma pressão final dos cariocas. Assim, os visitantes apenas esperaram o apito final para confirmarem a classificação.

FICHA TÉCNICA
VASCO 1 X 1 SÃO PAULO

Local: estádio do Maracanã, no Rio de Janeiro (RJ)
Data: 30 de setembro de 2015, quarta-feira
Horário: 22 horas (de Brasília)
Árbitro: Marielson Alves Silva (BA)
Assistentes: Elicarlos Franco de Oliveira (BA) e Marcos Welb Rocha de Amorim (BA)
Cartões Amarelos: Riascos (Vasco): Lucão e Thiago Mendes (São Paulo)
Público: 5.674 presentes
Renda: R$ 202.390,00
Gols:
VASCO: Riascos, aos 17 minutos do primeiro tempo
SÃO PAULO: Centurión, aos 14 minutos do segundo tempo

VASCO: Jordi; Jean Patrick, Jomar, Anderson Salles e Christiano; Guiñazu, Serginho, Lucas e Emanuel Biancucchi (Romarinho); Herrera (Rafael Silva) e Riascos (Renato Kayser)
Técnico: Jorginho

SÃO PAULO: Rogério Ceni; Lyanco (Bruno), Rodrigo Caio, Lucão e Reinaldo; Thiago Mendes, Wesley, Carlinhos (Hudson), Wilder (Ganso) e Alexandre Pato; Centurión
Técnico: Juan Carlos Osorio.

 

Fonte: http://www.gazetaesportiva.net/

© Copyright 2016 TV Taquari Rede Record. Política de Privacidade.
Desenvolvido por: Agência Camargo