Universitária da UFMT é presa com 967 comprimidos de ecstasy

1 de junho de 2012 - 15:55 | Postado por:

Os universitários Raoni Silva Correia, de 24 anos, e Ana Flávia de Luca Moraes, de 21, de Cuiabá, foram presos nesta quinta-feria (31) no Aeroporto Santa Genoveva, em Goiânia, com 967 comprimidos de ecstasy.

A droga estava fixada nas pernas de Ana Flávia, com fitas adesivas, e em seu sutiã. Eles pegariam o voo das 10h55 com destino a Cuiabá.

A droga seria vendida em festas na Capital. Cada comprimido foi comprado por R$ 14,00 e seria vendido por R$ 35,00.

Raoni cursa o sexto período do curso de Direito em uma universidade particular e Ana Flávia o quinto período de Filosofia na UFMT (Universidade Federal de Mato Grosso).

“Em virtude da ganância, da corrida atrás do dinheiro, jovens têm interrompido a carreira universitária em busca de lucratividade que o tráfico oferece”, afirmou o delegado Odair Soares.

A dupla está presa na Delegacia Estadual de Repressão a Narcóticos (Denarc) e vai responder por tráfico de drogas.

Deixe um comentário

© Copyright 2016 TV Taquari Rede Record. Política de Privacidade.
Desenvolvido por: Agência Camargo