Vinte mil sofrem riscos de desmoronamento em Cuiabá

19 de janeiro de 2011 - 10:20 | Postado por:

 

Vinte mil pessoas em Cuiabá estão condenadas a vivenciar a mesma tragédia que abateu os fluminenses na última semana. Toda essa população, que representa quase 4% do total de moradores da Capital, construiu residências em 26 pontos impróprios que são suscetíveis a alagamentos e deslizamentos de terra.

De acordo com a Secretaria Municipal de Habitação, as moradias foram erguidas sem qualquer critério em áreas alagadiças, desbarrancadas e próximas a córregos. A população nessas condições só tem uma alternativa: abandonar as residências.

Na incerteza de deixar algo garantido pelo duvidoso, muitas pessoas insistem em permanecer nas áreas de risco. Mas a situação pode mudar. É que a partir de agora, 50% das casas construídas pelo programa “Minha Casa, Minha Vida” serão destinadas às populações identificadas em áreas de risco. De acordo com o secretário de Habitação da Capital, João Emanuel Moreira Lima, até 2012 serão construídas 5.015 casas pelo programa em Cuiabá. “Metade da população em risco será contemplada pelo programa”, enfatiza o secretário.

Para que não haja fraudes durante a distribuição das residências, um grupo de 25 assistentes sociais percorre as 26 áreas de risco cuiabanas. Elas avaliam se houve aumento ou diminuição da população sob risco. Quem não estiver no cadastro não será contemplado.

PREVENÇÃO – De acordo com a Defesa Civil, já caíram em Cuiabá 252 milímetros de chuva desde o 1º dia do mês. Se a média de chuvas persistir, janeiro pode ultrapassar os 300 milímetros de chuva e isso ocasionar vários alagamentos na Capital. Conforme o coordenador da Defesa Civil, José Pedro Zanetti, o órgão está em alerta. “Também estamos atentos à represa do Manso, por ora está dentro da capacidade de segurança”, diz. O governo do Estado também se reuniu na última segunda-feira para traçar um trabalho preventivo com as populações ribeirinhas e para cidades atingidas por erosões.(Com Assessoria)

Deixe um comentário

© Copyright 2016 TV Taquari Rede Record. Política de Privacidade.
Desenvolvido por: Agência Camargo