EM MEIO A CRISE DO ARROZ, NERI PEDE DEMISSÃO DE CARGO NO MINISTÉRIO DA AGRICULTURA

12 de junho de 2024 - 11:17 | Postado por:

 

O ex-deputado federal e secretário de Política Agrícola do Ministério da Agricultura, Neri Geller (PP), pediu demissão do cargo após denúncias de fraude no leilão de arroz realizado pela Companhia Nacional de Abastecimento (Conab).

Segundo o Agro Estadão, a saída de Neri foi confirmada pelo ministro Carlos Fávaro, após reunião no Palácio do Planalto na manhã desta terça-feira (11).

A demissão se dá depois que o ex-assessor Robson Luiz de Almeida França, de quando Neri era deputado federal, arrematou mais de 90 mil toneladas de arroz no leilão da Conab. A suspeita é de favorecimento.

O Governo Federal decidiu importar arroz para evitar especulações de preços por conta da destruição das plantações do grão nas enchentes do Rio Grande do Sul – o maior estado brasileiro produtor de arroz.

Robson participou do leilão por meio das empresas criadas por ele em 2023, a Bolsa de Mercadorias de Mato Grosso (BMT) e a Foco Corretora de Grãos, que ficou responsável pela intermediação de 44% de 263 milhões de toneladas de arroz leiloado.

O presidente da Conab, Edegar Pretto, anunciou a anulação do arroz leiloado em 6 de junho e que irá fazer um novo certame nos próximos dias com outros modelos.

Para o AgroEstadão e o Globo Rural, Robson negou que ter atuado como assessor parlamentar de Neri tenha lhe dado algum favorecimento para a vitória no leilão. “Jamais, de forma alguma. Eu trabalhei com o Neri em 2018 ou 2019, se não me falha a memória. De lá pra cá eu fui tocar a minha vida”, disse.

Midia Jur, Gazeta Digital

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

© Copyright 2016 TV Taquari Rede Record. Política de Privacidade.
Desenvolvido por: Agência Camargo