MORRE ELEFANTA QUE VIVEU 20 ANOS EM ECOPARQUE NA ARGENTINA E FOI TRANSFERIDA PARA SANTUÁRIO EM MT

8 de outubro de 2022 - 11:35 | Postado por:

A elefanta Pocha, de 55 anos, que viveu duas décadas em um ecoparque em Mendoza, na Argentina e foi transferida para o Santuário dos Elefantes, em Chapada dos Guimarães, a 65 km de Cuiabá, morreu na noite dessa quinta-feira (6). Segundo a administração do local, ainda não se sabe a causa da morte, porém uma necropsia será feita, em breve.

 

 

Pocha e Guillermina chegaram no Santuário dos Elefantes no dia 12 de maio. Foram seis dias de viagem. Mãe e filha viviam em um recinto de 150 metros, sem árvores, grama ou lagoas.

Segundo o Santuário, enquanto Pocha estava na Argentina, os veterinários presenciaram pequenos sinais de problemas de saúde subjacentes, mas nada foi diagnosticado.

Quando ela e Guillermina chegaram no Santuário, houve um episódio em que ela se cansou e estava um pouco mais lenta para comer, mas depois de uma injeção de multivitamínico, ela melhorou.

Há alguns dias, o Santuário notou que ela estava exigente com o feno. Depois de uma dose de vitamina, ela parecia mais resplandecente, mas cansada. No entanto, quando a administração voltou para checá-la um tempo depois, descobriu que ela havia falecido.

De acordo com o Santuário, todas as elefantas que vivem no local ficaram por perto observando o corpo de Pocha.

DO G1 MT

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

© Copyright 2016 TV Taquari Rede Record. Política de Privacidade.
Desenvolvido por: Agência Camargo