Em busca de goleiro, São Paulo sonda Vanderlei e Marcelo Grohe

1 de novembro de 2018 - 10:44 | Postado por:

Departamento de futebol tricolor analisa quais as melhores opções

São Paulo está disposto a reforçar a sua meta para 2019. Por isso, o departamento de futebol tricolor analisa quais as melhores opções no mercado da bola.

Entre os nomes muito bem avaliados aparece o de Vanderlei, do Santos. Para saber as condições do goleiro alvinegro, o presidente Carlos Augusto de Barros e Silva, o Leco, entrou em contato com o mandatário da equipe da Baixada, José Carlos Peres. Outro arqueiro no radar do clube paulista é Marcelo Grohe.

 

Aos 31 anos, o jogador é ídolo do Grêmio. Formado nas categorias de base do time gaúcho, ele tem uma relação muito forte com o clube. Além disso, ele foi figura importante em recentes conquistas, como a da Libertadores de 2017. Desta maneira, o São Paulo já sabe que não será fácil para trazê-lo ao Morumbi.

Segundo apurou a reportagem, o time do Morumbi ainda não entrou em contato com os gaúchos, mas deixou claro para os santistas que vai buscar um arqueiro renomado no mercado. A situação de Grohe deve ser discutida apenas depois que se definir o futuro de Renato Gaúcho, no clube. Após a eliminação para o River Plate na semifinal do torneio continental, o treinador deve decidir qual será o seu destino. Valorizado, Grohe tem contrato com o Grêmio até o fim de 2020.

Um goleiro renomado que deve ficar livre no mercado é Diego Alves. Aos 33 anos, ele tem vínculo com o Flamengo até 31 de dezembro de 2020. Após o episódio antes do jogo contra o Paraná -quando se recusou a viajar ao tomar conhecimento de que ficaria no banco de reservas-, ele ficou sem clima na Gávea e deve deixar o time carioca. O São Paulo, no entanto, não vê Diego Alves como uma boa opção.

No elenco atual, o técnico Diego Aguirre conta com Sidão, Jean e Lucas Perri. Os dois primeiros não conseguiram ainda se firmar, enquanto o jovem formado nas categorias de base nem sequer teve chance de atuar no profissional.

Sobre Vanderlei, a reportagem apurou que Peres expôs a Leco a dificuldade para liberá-lo, por ser benquisto pela torcida. Para evitar críticas, a expectativa alvinegra é pedir alto para receber R$ 30 milhões para fechar o negócio e, assim, quitar dívidas deixadas pela gestão do ex-presidente Modesto Roma. O Santos tenta diminuir a sua folha salarial. Vanderlei, que tem contrato até o fim de 2020, recebe R$ 350 mil por mês e multa estipulada em R$ 50 milhões.

Os dois clubes devem voltar a conversar sobre a possibilidade de negociar o jogador em breve. O São Paulo não tem pressa para resolver antes do término do Campeonato Brasileiro, em dezembro. A informação de que os dois dirigentes conversaram vazou no início desta semana. A torcida do Santos não recebeu de maneira positiva, e o clube chegou a emitir uma nota oficial negando a transação.

Com informações da Folhapress.

Deixe um comentário

© Copyright 2016 TV Taquari Rede Record. Política de Privacidade.
Desenvolvido por: Agência Camargo